Quase 50 anos depois, Rogério Fróes ainda é lembrado como o Vigário de O Bem-Amado

Ator participou da novela e da série originada dela, no mesmo papel, o do Vigário de Sucupira

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nascido em 1934 na cidade mineira de Santos Dumont, Rogério Fróes atua em telenovelas diárias desde o final dos anos 1960, quando entrou para o gênero na TV Globo. Isso fora teatro e cinema, claro.

Em 1972, o ator viveu o marchand Roger Martin em Selva de Pedra, de Janete Clair, em sua versão original. Logo na sequência, em 1973, veio o papel do Vigário de Sucupira em O Bem-Amado, de Dias Gomes, nossa primeira novela gravada em cores, que no último dia 15 de fevereiro entrou para o catálogo do Globoplay.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Vieram muitos outros trabalhos na TV aberta e também na TV paga: A Moreninha, Locomotivas, Os Gigantes, A Gata Comeu, Vale Tudo, Araponga, Guerra Sem Fim, Brava Gente, Senhora do Destino, Prova de Amor, Amor e Intrigas, Poder Paralelo, Me Chama de Bruna, Magnífica 70 e tantos mais.

Além da novela, Rogério Fróes repetiu o papel do padre da cidade governada por Odorico Paraguaçu (Paulo Gracindo) na série também intitulada O Bem-Amado, exibida entre 1980 e 1984. E ainda é lembrado pelo personagem, quase 50 anos depois. O Por Onde Anda? do Observatório da TV fala sobre ele nesta semana. Confira o vídeo!

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio