Paraíso Tropical, Sonho Meu e outras novelas que o Viva reprisou pela primeira vez

Com os lançamentos de julho, já são 11 as histórias que foram resgatadas pela primeira vez no canal pago

Publicado em 16/6/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O Canal Viva anunciou que em julho dois de seus horários de novelas passam a ser ocupados por Sonho Meu, de Marcílio Moraes com supervisão de texto de Lauro César Muniz, a partir da obra de Teixeira Filho, e Paraíso Tropical, de Gilberto Braga e Ricardo Linhares. Ambas serão reprisadas pela primeira vez, em que pese o sucesso conquistado por suas exibições originais.

Paraíso Tropical foi exibida pela TV Globo em 2007, no horário das 21h. A produção substituirá A Viagem (1994), de Ivani Ribeiro, na faixa das 15h – que tem horário alternativo às 23h45 – a partir de 5 de julho. Sonho Meu foi a novela global das 18h em 1993/94, e entra a partir de 12 de julho às 12h40 – e à 1h20 – na vaga hoje ocupada por Era Uma Vez… (1998), de Walther Negrão.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em 11 anos de atividade, o Viva resgatou até aqui 11 novelas que não haviam sido antes reprisadas no Brasil, seja pelo próprio canal, seja pela TV Globo. Aqui um esclarecimento: para essa lista consideramos O Fim do Mundo (1996), de Dias Gomes, que em 2000 teve uma reprise, é verdade, mas exibida apenas para o Distrito Federal.

Três grandes clássicos – Pai Herói (1979), Baila Comigo (1981) e Selva de Pedra (1986) -, bastante representativos, por um motivo ou outro não haviam sido ainda reprisados até suas estreias no Viva, ocorridas entre 2016 e 2019. Relembre os outros casos nas Curiosidades da TV do Observatório da TV!

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio