Depois do apelo de Sassá na rádio, Clotilde desiste de ir embora de Tangará

Feliz e empolgado com a permanência da moça na cidade, o boia-fria descumpre o acordo que fez com Marina

Publicado em 10/6/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em O Salvador da Pátria, novela de Lauro César Muniz que está em reprise no Viva, depois de ver a reação negativa que seus escritos acadêmicos provocam em Sassá Mutema (Lima Duarte), a professora Clotilde (Maitê Proença) decide ir embora de Tangará.

Já na estrada, a moça ouve quando Sassá faz um apelo emocionado para que ela permaneça na cidade. Ele está na Rádio Clube de Tangará para desmentir que sairá candidato a prefeito da cidade nas eleições de 1988, conforme combinado com a fazendeira Marina Sintra (Betty Faria).

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Além do que, pressionado de outro lado por Severo Toledo Blanco (Francisco Cuoco), Gilda (Susana Vieira) e Sérgio (Maurício Mattar), Sassá acabou por declarar, até meio rispidamente, que não tem candidato, ciente de que querem seu apoio e dissuadi-lo da ideia de concorrer ele próprio ao cargo – ideia essa que o encanta cada vez mais.

Clotilde vai para a rádio e, à sua chegada, Sassá se ilumina. E tamanha é a empolgação com a permanência da professora em Tangará que ele declara que vai disputar as eleições, para ira tanto de Marina quanto de Gilda, já que ambas desejam o apoio do boia-fria, alçado à categoria de celebridade local, para seus candidatos, respectivamente Lauro (Cecil Thiré) e Sérgio.

Mais Informações, curiosidades, sinopse, personagens e o resumo diário e atualizado dos capítulos de O Salvador da Pátria.

Confira o resumo dos capítulos das outras novelas da TV.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio