Cada vez mais perturbado, Aparício pode ir parar num hospício

A ideia é do 'adorado' genro Leozinho, que a transmite à esposa Fedora para se livrar do sogro sem ter que matá-lo

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Sassaricando, novela de Silvio de Abreu que está em reprise no Canal Viva, Aparício Varela (Paulo Autran) não tem um minuto de sossego. Como se não bastasse o patrimônio cobiçado pelo genro Leozinho (Diogo Vilela), agora o fantasma de Teodora (Jandira Martini) surgiu para assombrá-lo.

E Aparício tem passado por situações bastante constrangedoras e alarmantes diante de pessoas como Leonora Lammar (Irene Ravache) – devidamente escondido sob a identidade do inglês ‘Eduardo’ – e Ricardo de Pádua (Carlos Zara), além de Fedora (Cristina Pereira).

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A filha do presidente da Tecelagem Abdala fica alarmada ao ver o pai totalmente perturbado, possuído que está pelo espírito da falecida mulher. Teodora acaba de dizer a ele que, depois de um acidente de carro que Aparício sofrerá, ela vai levá-lo.

De olho na fortuna do sogro 24 horas por dia, Leozinho sugere a Fefê que interne o pai num hospício. Afinal, ela tem indícios suficientes de que ele não bate bem da cabeça atualmente. Assim, ele consegue entrar na grana dos Abdala sem matar Aparício – o que já tentara várias vezes, sem êxito.

Com direção-geral de Cecil Thiré e direção-executiva de Paulo Afonso Grisolli, Sassaricando foi exibida originalmente pela TV Globo às 19h, de novembro de 1987 a junho de 1988. O Vale a Pena Ver de Novo apresentou a novela de julho de 1990 a janeiro de 1991.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio