Paulo Gustavo se preparava para gravar série protagonizada por Dona Hermínia

Projeto tinha exibição prevista na Globo e no Multishow

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O ator e humorista Paulo Gustavo se preparava para transformar Minha Mãe é Uma Peça em série. O projeto seria produzido pelo Globoplay, com exibição prevista na Globo e no Multishow. As gravações estavam marcadas para começar em fevereiro, porém, precisaram ser adiadas por conta da pandemia de coronavírus. 

De acordo com informações da colunista Patrícia Kogut, do Jornal O Globo, a ideia era contar com várias temporadas. Na primeira, Hermínia apareceria casada e com os filhos ainda pequenos. Na seguinte, eles já estariam adolescentes e na leva posterior de episódios, adultos.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Paulo Gustavo morreu na terça-feira (4), aos 42 anos, vítima da covid-19. Ele estava internado no hospital Copa Star, em Copacabana, no Rio de Janeiro, desde o dia 13 de março. No dia 21 de março, precisou ser intubado. No começo de abril, passou a usar uma espécie de pulmão artificial através da terapia ECMO. 

Ao longo da internação, o quadro oscilou entre melhoras e leves declínios. No domingo (2), ele chegou a ter redução de sedativos e bloqueadores e interagiu com médicos e família. À noite, porém, sofreu uma embolia pulmonar. Horas antes de confirmar a morte, o hospital informou que o quadro era irreversível, mas mantinha os sinais vitais, até que às 21h12 foi constatado o óbito.

Paulo Gustavo era considerado um dos maiores nomes do humor no Brasil. Na TV, a maioria dos programas do qual fez parte conquistou grande sucesso, como Vai Que Cola, 220 Volts e A Vila, ambos do Multishow. No cinema, a trilogia Minha Mãe É Uma Peça, protagonizada por ele, está entre os filmes brasileiros mais vistos de todos os tempos.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio