Ney Sant’Anna fez novelas nos anos 1980, mas a paixão pelo cinema está no sangue

Filho de Nelson Pereira dos Santos, ator e produtor não faz novelas inteiras desde Sassaricando

Publicado há um mês
Por Fábio Costa
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Atualmente com 66 anos, Ney Sant’Anna não faz mais novelas desde 1988, quando viveu o bandido Nicodemus em Sassaricando, escrita por Silvio de Abreu e que o Canal Viva reprisa desde setembro às 14h30 e à 0h45, de segunda-feira a sábado.

Na história, Nicodemus só aparece depois de cerca de dois meses, e surge para ajudar o velho comparsa de trapaças Leozinho (Diogo Vilela) a se apossar da fortuna da mulher Fedora (Cristina Pereira) e do sogro Aparício Varela (Paulo Autran).

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Filho do cineasta Nelson Pereira dos Santos, Ney Sant’Anna sempre viveu o dia a dia da produção de filmes de perto. Estreou como ator em Azyllo Muito Louco, dirigido pelo pai e lançado em 1970. Na TV, sua primeira novela foi Cinderela 77, na TV Tupi, com texto de Chico de Assis e Walther Negrão.

Entre 1978 e 1988, Ney Sant’Anna participou de outras produções do gênero na TV Globo, como Pecado Rasgado, Chega Mais, Jogo da Vida e Final Feliz. O Por Onde Anda? do Observatório da TV fala nesta semana sobre esse ator cuja ligação com o cinema está no sangue. Confira o vídeo!

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio