Juliana Caldas acredita que no fim de O Outro Lado do Paraíso, Estela perdoará Sophia: “Ela não guarda mágoa”

Publicado há 3 anos
Por João Paulo Reis
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em O Outro Lado do Paraíso, Estela, personagem de Juliana Caldas, possui uma experiência acadêmica no mínimo invejável. Estudou durante quase toda a sua vida no exterior, e após concluir seu doutorado, veio para o Brasil, mesmo enfrentando os olhares furiosos de sua mãe, Sophia (Marieta Severo).

Mas o que sobra em sua trajetória escolar, falta na experiência de vida. Romântica, ela se apaixonou por Amaro (Pedro Carvalho), que a levou a uma decepção logo em seguida. Disposta a não ficar enclausurada, ela decidiu usar suas habilidades como educadora e alfabetizar as pessoas carentes de educação na cidade em que vive. Juliana bateu uma papo com nossa reportagem, e falou sobre os sentimentos da personagem, e sua interação com o elenco da trama. Confira:

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Leia também: The Wall é uma boa novidade do Caldeirão do Huck

O que vai acontecer com a Estela, sua personagem em O Outro Lado do Paraíso?

A trama agora tem um coisa nova. Ela virou professora, está ajudando os garimpeiros e as meninas do bordel, e esse é um pensamento que a Estela tem de sempre ajudar o próximo independente da situação financeira, etnia… O importante é ajudar o próximo.

O Amaro a abandonou e ela entendeu que ele estava interessado na herança que ela tinha a receber. Isso a machucou muito não é mesmo?

Exatamente. Doeu nela a rejeição. Mesmo ela tendo a Sophia (Marieta Severo) jogando na cara dela e tentando fazer o mal, foi pela atitude da mãe que ela viu como era a situação, foi por aquilo que ela enxergou a verdade. Quem não se machucaria ao ouvir aquilo? Em saber que ele realmente estava interessado nas esmeraldas?

Depois que você tornou-se famosa, sentiu que alguém se aproximou de você com interesse?

Não chegou a acontecer nada desse tipo graças a Deus.

Você está solteira?

Estou.

Você acha que o assédio masculino aumentou?

Não. Mas não tenho tido muito tempo para sair. Até aos sábados, estou gravando.

Você costuma sair muito com o elenco da novela e com a equipe?

Saio. A gente acaba saindo mais para comer, conversar, dar risada, mas não é todo final de semana, porque não dá, e preciso muito dormir.

Você não é do Rio de Janeiro. Você está morando sozinha?

Moro sozinha. Eu estou gostando. Conheço o Rio há muitos anos porque vinha para trabalhar com peças de teatro. O que acontece é que agora estou conhecendo um outro lado do Rio, que vindo como turista, eu não tinha como conhecer. Uma vez fui num restaurante perto do Recreio, achei incrível aquele lugar, cheio de natureza.

Em São Paulo você também morava sozinha?

Não. Morava com meu irmão.

Ele também é ator?

Não. Ele trabalha com propaganda e marketing.

Você fica preocupada com a violência do Rio de Janeiro? Sendo moradora da cidade isso te assusta?

Assusta. Qualquer lugar que tem violência assusta. São Paulo também tem violência e corremos o risco de ser assaltados a qualquer momento. Claro que temos que tomar cuidado em qualquer lugar que a gente vá. É uma pena não conseguir viver livremente por causa de tanta coisa ruim.

O que você gostaria que acontecesse com a Sophia?

Não sei. Já pensei várias coisas, mas ao mesmo tempo não tenho essa maldade de querer o mal para ela.

O que telespectadores te dizem a respeito?

Eles odeiam a Sophia. O que puder acontecer de ruim com ela, eles estão falando.

A Estela vai conseguir perdoá-la?

A Estela perdoa, ela não guarda mágoa. Perdoando você ensina mais ao próximo do que fazendo o contrário.

Você se identifica com ela nesse aspecto de saber perdoar?

Não sou tão assim como ela, mas com o tempo eu aprendi não guardar mágoa, e relevar algumas coisas.

Você fez aniversário recentemente não é? Vimos que você postou nas redes sociais que fizeram uma festa para você no set da novela…

Foi gostoso. Fiquei feliz pelo fato de comemorarem 125 capítulos no dia do meu aniversário, até mesmo por estar com eles, e pelo sucesso da novela. Fiz 31 anos, e amei, fiquei feliz com a surpresa e com o carinho deles pela minha pessoa.

* Entrevista feita pelo jornalista André Romano

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio