Mais do que você gosta.
Assine o Star+
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Carreira

Voltou a ser atriz! Conheça 6 novelas com Sandra Annenberg

Relembre alguns trabalhos da jornalista na dramaturgia

Publicado em 20/06/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Após deixar de ser âncora e diretora executiva do Jornal Hoje e ser posta à frente do Globo Repórter, a jornalista Sandra Annenberg retornará a uma profissão antiga: a de atriz!

Em entrevista ao Notícias da TV, a comunicadora confirmou que foi convidada para narrar a peça infantil Pedro e o Lobo no teatro. Apesar disso, garantiu que vai seguir na televisão, à frente do Globo Repórter, conciliando os palcos com o jornalismo.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Sandra Annenberg

Vale lembrar que em março deste ano, o site Na Telinha divulgou que a a Band estaria de olho na jornalista. Mas nada até então se concretizou.

Sandra também liderou na Globo o programa Como Será?, exibido aos sábados. A atração, contudo, foi cancelada em 2019.

Por ter seguido uma trajetória consolidada no jornalismo da emissora da família Marinho, muita gente não imagina que Sandra Annenberg também foi atriz de novelas e séries.

A jornalista e ex-atriz Sandra Annenberg

Humor e minissérie

Fato é que ela começou na TV como repórter, mas depois recebeu convites para, surpreendentemente, compor o elenco do seriado Bronco (1987 e 1990), estrelado pelo comediante Ronald Golias. Sandra viveu Julinha na primeira temporada.

Após essa primeira oportunidade, ela esteve na minissérie Chapadão do Bugre, na Band, em 1988, na qual contracenou com Edson Celulari, e depois foi convidada por Tarcísio Meira para um novo projeto exclusivo na Globo.

Sandra Annenberg em novelas

Filha de Tarcísio Meira e Pacto de Sangue

Em 1988, Sandra Annenberg foi chamada pessoalmente por Tarcísio Meira, falecido em 2021 por covid-19, após eles atuarem juntos na peça Um Dia Muito Especial.

O projeto em questão era a série Tarcísio & Glória, estrelada pelo galã e por sua já esposa Glória Menezes, que interpretou uma alienígena que desembarca na Terra. A jornalista, por sua vez, ficou com o papel da filha de Bruno Lazzarini personagem de Tarcísio.

Já em 1989, Sandra fez sua estreia em novelas. Ela foi escalada para viver a abolicionista Celeste em Pacto de Sangue, que foi ao ar totalmente gravada – a primeira nestas condições.

Escrita por Regina Braga, a trama teve em seu elenco principal Carlos Vereza, Carla Camurati, Esther Góes, Cristina Aché, Armando Paiva, Sandra Bréa e Rubens de Falco.

Sandra Annenberg com Tarcísio Meira na série Tarcísio & Glória; ao lado, ela com Armando Paiva em Pacto de Sangue (Divulgação)

Protagonista em Cortina de Vidro

Após compor o elenco de República, uma minissérie da Globo, Sandra Annenberg teve a oportunidade de viver uma protagonista em novelas. Walcyr Carrasco a chamou para estrelar Cortina de Vidro, exibida no SBT entre 1989 e 1990.

Junto à comunicadora estavam Herson Capri, Betty Gofman, Esther Góes, Antônio Abujamra, Débora Duarte, Norma Blum e Gianfrancesco Guarnieri nos papéis principais.

Sandra Annenberg em Cortina de Vidro e ao lado com o ator Jayme Periard (Divulgação)

Silvio Santos conseguiu um elenco de peso para tal novela por conta de uma brecha encontrada no contrato dos atores com a Globo. Tudo por acontecer dessa forma porque se tratou de uma novela produzida de forma independente, com uma produtora contratada e sem usufruir em nada dos estúdios do SBT.

Para o papel da sindicalista Ângela Cortez, que foi de Sandra Annenberg, o escritor Walcyr Carrasco sondou primeiramente outras grandes atrizes: Lucélia Santos, Cássia Kis e Lucinha Lins. Todas as três recusaram o convite.

Na trama, Ângela foi a ponta de um triângulo amoroso composto por Frederico (Herson Capri) e Branca (Betty Gofman). No decorrer da história ela também se envolve com Marcelo, vivido pelo ator Jayme Periard.

Sandra Annenberg em Cortina de Vidro

Último trabalho como atriz

Vale lembrar que o último trabalho de Sandra Annenberg como atriz foi A, E, I, O… Urca, uma minissérie escrita por Antônio Calmon e Doc Comparato, exibida na Globo em 1990.

Após esse projeto, ela se enveredou para a comunicação social, apresentando programas diversos até cair no jornalismo, primeiro como colunista, depois como âncora, isso a partir de 1993.

Sandra Annenberg e Glória Maria na Retrospectiva 2019. (Globo/Cesar Alves).

Quem é o marido de Sandra Annenberg?

Paulista, Sandra Annenberg tem hoje 53 anos de idade. Para quem não sabe, ela começou a estudar teatro ainda criança e até entrou para a faculdade de Artes Cênicas, mas não chegou a concluí-la. Sua formação de fato ocorreu no curso de jornalismo pela FIAM / SP.

A mãe de Sandra foi produtora da TV Cultura por muitos anos e isso possibilitou que ela conhecesse de perto a dinâmica de uma emissora de televisão.

Em 1994, a ex-âncora do Jornal Hoje se casou com o jornalista Ernesto Paglia, que trabalha na Globo desde 1979 e é um dos repórteres especiais mais conhecidos da casa. Os dois têm uma única filha, Elisa Annenberg Paglia, que hoje estuda para ser atriz.

Sandra Annenberg e o marido, Ernesto Paglia

Leia outros textos desta colunista.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....