Compre iPhone SE na Apple a partir de R$ 3.779,10 à vista ou em até 12 vezes. Frete grátis para todo o Brasil
Saiba mais
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Pequena Travessa

Bianca Rinaldi recusou papel de vilã no SBT e enganou diretor para ser protagonista

Em teste, atriz surgiu travestida de menino para convencer como estrela principal

Publicado em 07/03/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

O ano era 2002 quando o SBT deu inicio à produção da novela Pequena Travessa, um grande sucesso protagonizado por Bianca Rinaldi, que na oportunidade assumiu dois papeis numa tacada só. Isso porque sua personagem Júlia se travestia de menino (Júlio) para conseguir um emprego e ajudar o pai doente. Entretanto, 20 anos após o primeiro capítulo ter ido ao ar, a atriz revelou que precisou recusar papel de vilã e enganar Henrique Martins, diretor geral de dramaturgia naquela época.

Bianca Rinaldi ainda colhia os louros de Pícara Sonhadora (2001) quando foi convidada para interpretar Débora em Pequena Travessa, papel que terminou nas mãos de Rachel Ripani. Segundo a atriz, embora seu interesse no protagonismo da história, os diretores a consideraram velha demais para o papel de Júlia/Júlio.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Contudo, após muita insistência, a atriz conseguiu oportunidade para fazer o teste, mas para surpresa da direção Bianca surgiu travestida de menino no dia da avaliação a fim de convencê-los de que poderia se sair bem como estrela da casa novamente.

“Velha para o papel”

Pequena Travessa (Reprodução: SBT)

“Quando eu fazia a Júlia e o Júlio no SBT, ela se travestia de menino para ajudar o pai e conseguir um outra emprego. Então, era um moleque, mas não queriam que eu fizesse esse personagem: ‘Bianca, você está um pouco velha para o papel’. Queriam que eu fizesse a vilã dessa novela Pequena Travessa, mas eu queria fazer a menina que fazia os dois papeis.

E ele [Henrique Martins] falou: ‘Tá bom, vem fazer o teste’. Aí eu cheguei no estúdio [vestido] de moleque, com macacão, boné para trás, fiz todo um esquema que eu achava que iria vender e fiquei sentada no estúdio esperando a minha vez e aí veio o Henrique Martins.

‘O que você está fazendo aqui moleque? Quem deixou entrar? Não pode ficar aqui não’. E eu: ‘Desculpa ai, é que eu vim fazer o teste’. ‘Quem é você?’ …’Pô, Henrique, sou eu'”, contou a atriz ao canal Inteligência Ltda rindo ao relembrar a reação do falecido diretor.

Assista o trecho a partir do minuto 56:16.

Pequena Travessa foi produzida entre 2002 e 2003, substituiu Marisol e foi substituída por Jamais te Esquecerei. É uma versão da mexicana Mi pequeña traviesa, de Abel Santa Cruz, sendo adaptada por Rogério Garcia, com colaboração de Ecila Pedroso e Simoni Boer, direção de Henrique Martins, Jacques Lagôa, Sacha e David Grimberg. Bianca Rinaldi dividia protagonismo com o ator Rodrigo Veronese.

SIGA ESTE COLUNISTA NAS REDES SOCIAIS: INSTAGRAM E TWITTER

Aproveite para assistir a entrevista inédita ao Brasil com Laura Londoño, a Gaivota de Café com Aroma de Mulher (NETFLIX).

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....