Quem estava no elenco da versão censurada de Roque Santeiro, em 1975?

Lima Duarte foi o Sinhozinho Malta na produção censurada e no fenômeno de audiência que o Brasil consagrou

Publicado em 24/6/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nesta segunda-feira (21), a novela Roque Santeiro entrou para o catálogo do Globoplay, plataforma de streaming da Globo. Grande sucesso entre junho de 1985 e fevereiro de 1986, a novela de Dias Gomes, na ocasião escrita também por Aguinaldo Silva, teve uma versão impedida de ir ao ar 10 anos antes.

Em 1975, o dramaturgo escreveu 50 capítulos, dos quais 30 foram gravados, e no dia marcado para a estreia, 27 de agosto, surgiu a comunicação oficial de que a novela estava proibida. Alguns atores estiveram presentes no elenco de Roque Santeiro nas duas ocasiões.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Curiosidades da TV relembra aqui no Observatório da TV não apenas esses casos, entre os quais Lima Duarte, Milton Gonçalves, Elizângela e João Carlos Barroso, mas também aqueles que não voltaram a figurar no cast, como Sandra Barsotti, Emiliano Queiroz, Débora Duarte e Theresa Amayo.

Dos intérpretes dos três personagens centrais da história, apenas Lima Duarte esteve nas duas novelas e com o mesmo papel, o de Sinhozinho Malta, coronel que dita as ordens na pequena Asa Branca.

Embora tenham sido convidados, Betty Faria e Francisco Cuoco recusaram-se a voltar a viver, respectivamente, a Viúva Porcina e o papel-título de Roque Santeiro. Regina Duarte e José Wilker ficaram com os personagens, de grande sucesso.

Escalado em 1975 para o papel do Padre Honório, maior autoridade religiosa da cidade, Milton Gonçalves teve novo personagem na novela de 1985: Dr. Lourival Prata, o Promotor Público. Coube a Paulo Gracindo viver o padre na história que pudemos acompanhar, agora com o nome de Hipólito.

Rosamaria Murtinho viveria Matilde, dona da Pousada do Sossego e da boate Sexus, na novela censurada. Uma década depois o papel ficou com Yoná Magalhães. A atriz recentemente declarou sua insatisfação com o fato de não ter sido convidada a retomar o trabalho.

Suas ‘meninas’ Ninon e Rosaly seriam interpretadas por Lady Francisco e Leina Krespi, e nos anos 1980 os papéis foram de Cláudia Raia, então estreando no gênero, e Ísis de Oliveira. Conheça o elenco da versão censurada de Roque Santeiro, assista ao vídeo!

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio