Filho de Antonio Fagundes em A Viagem, Felipe Martins vive na serra e se dedica ao teatro

Ator tem mais de 40 anos de atividade profissional e esteve em produções de diversas emissoras

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Hoje com 60 anos de idade, o ator Felipe Martins participou de diversas novelas em várias emissoras desde os anos 1980, mas provavelmente é mais lembrado pelo público por seu trabalho como Otávio César Jordão Júnior, o Tato, filho de Otávio (Antonio Fagundes) na segunda versão de A Viagem, novela de Ivani Ribeiro, que o Canal Viva reapresenta desde o final de dezembro de 2020.

Luiz Felipe Barros Martins Rodrigues nasceu no Rio de Janeiro em 1960, e desde o final dos 1970 exerce a profissão de ator. Estudou no Tablado, de Maria Clara Machado, e nos anos 1980, ainda bastante jovem, já começou a ser reconhecido e premiado como ator e diretor, em espetáculos dirigidos ao público infantil.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na mesma década a estreia na TV, no Chico Anysio Show e em novelas e minisséries como Anos Dourados (1986), Mandala (1987/88) e Top Model (1989/90). No começo dos anos 1990, Felipe Martins participou de Lua Cheia de Amor (1990/91) e Perigosas Peruas (1992) antes de ser escalado para o papel de Tato, que na versão da TV Tupi em 1975/76 se chamava César Júnior e era interpretado por Carlos Alberto Riccelli.

Os Maias (2001), Pícara Sonhadora (2001), Floribella (2005), Vidas Opostas (2006/07) e Pecado Mortal (2013/14) foram outros dos trabalhos de Felipe Martins, que há alguns anos vive em Teresópolis, na Região Serrana fluminense, e dedica-se a atividades de um grupo de teatro com jovens. Falamos do ator no Por Onde Anda? desta semana aqui no Observatório da TV. Confira o vídeo!

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio