Promessa da dramaturgia nos anos 1990, Daniela Camargo marcou a geração

Um dos primeiros trabalhos da atriz, Vamp, está disponível no Globoplay desde 1º de março

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Quem era adolescente ou jovem adulto no começo dos anos 1990 seguramente se lembra de uma jovem e bela atriz, promessa de sua geração na teledramaturgia: Daniela Camargo. Nascida em 1973, ela estreou em novelas no papel de Kathy em Mico Preto (1990).

No ano seguinte, Daniela viveu a Lena de Vamp, que no último dia 1º de março foi inserida no catálogo do Globoplay, plataforma de streaming do Grupo Globo. Lena era uma das filhas da historiadora Carmem Maura (Joana Fomm), e se envolveu com Lipe (Fábio Assunção), enteado de sua mãe.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No decorrer dos anos 1990, a atriz participaria de outras produções, tanto na TV Globo quanto no SBT e na TV Record. Só para ilustrar, Daniela esteve no elenco de Sonho Meu (1993/94), As Pupilas do Senhor Reitor (1994/95), Os Ossos do Barão (1997) e A História de Ester (1998).

Nesta semana, o Por Onde Anda? do Observatório da TV fala sobre Daniela Camargo, que há alguns anos deixou de lado os trabalhos na TV, ao menos como atividade principal, e tem se dedicado a outras coisas. Confira o vídeo!

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio