Mais do que você gosta.
Assine o Star+
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
GUIA

Tipo Power Rangers: entenda as cores das Aes Sedai em A Roda do Tempo

Saiba quais são as missões de cada uma das sete irmandades de feiticeiras na série do Prime Video

Publicado em 02/12/2021
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

A série A Roda do Tempo tem no alicerce as feiticeiras da ordem Aes Sedai, mulheres que podem canalizar o Poder Único utilizando cinco elementos (terra, água, ar, fogo e espírito). Destacadas na vinheta de abertura, elas são divididas em sete grupos, chamados de Ajah. Cada divisão age no mundo das Terras do Oeste cumprindo uma função e são identificadas por cores diferentes, como os famosos Power Rangers.

Aos poucos, o drama fantasioso do Prime Video vai apresentando quem são as Aes Sedai, uma a uma. A principal delas, Moiraine (Rosamund Pike), faz parte da organização Ajah Azul, por exemplo. No mundo de A Roda do Tempo, a mulher treinada para canalizar o Poder Único pode escolher qual missão quer cumprir na terra e a qual Ajah servir, não há um chamado espiritual ou algo do tipo.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Aes Sedai, no idioma antigo da trama, significa “servas de todos”. Independentemente da filiação, as feiticeiras vivem determinadas a obedecer o juramento feito e trabalhar em prol da ordem. Por isso, são muito poderosas também na influência, chegando a ser conselheiras e peças-chaves de reinos.

As missões escolhidas variam da justiça ao saber, da cura à guerra. Seja como for as Aes Sedai raramente possuem a habilidade de dominar os cinco elementos citados. Na maioria dos casos, uma feiticeira é capaz de controlar de dois a três. Isso faz com que, em muitas ocasiões, a união entre elas seja necessária, por se complementarem.

Entenda o significado das cores das Aes Sedai em A Roda do Tempo, baseada nos livros de Robert Jordan:

A atriz Rosamund Pike na 1ª temporada de A Roda do Tempo

Ajah Azul

Na série, a personagem mais destacada desse grupo é a Moiraine. A feiticeira da vestimenta azul é dedicada a lutar por causas justas, como se fossem as salvadoras da pátria. Elas contam com a ajuda de espiões espalhados pelas Terras do Oeste, ajuda necessária na defesa desses interesses nobres. A série mostrou bem isso logo de cara ao acompanhar os passos da personagem de Rosamund Pike.

Os livros relatam uma animosidade milenar entre elas e as vermelhas. Por isso, quem é do Ajah Azul nunca usa nada da cor vemelha. Sempre com um guardião ao lado, as integrantes desse grupo evitam de todo modo engatar qualquer tipo de romance.

Ajah Amarela

A irmandade Ajah Amarela é voltada para estudar todo tipo de cura. Talvez por essa função essencial, elas são consideradas arrogantes por outras feiticeiras. Acontece que esse atrito tem um pingo de razão, porque algumas amarelas se acham a última bolacha do pacote, as únicas Aes Sedai com um ideal realmente vital; além de se preocuparem demais com a aparência.

Nem toda feiticeira pode curar alguém, mas quem quiser entrar nesse grupo precisa possuir esse poder.

Priyanka Bose vive uma ajah verde na série do Prime Video

Ajah Verde

Um apelido do Ajah Verde é Ajah de Batalhas. Elas são excelentes mulheres em situações de guerra e totalmente precisas nas elaborações de estratégias de batalhas. Elas são uma das mais fervorosas na defesa das causas defendidas, assim como as azuis, por isso ambas as irmandades são amigas. Uma diferença é que aqui é permitido que as feiticeiras tenham quantos guardiões desejarem.

Ajah Branca

Para entrar na irmandade Ajah Branca é preciso abrir mão de muita coisa. Mais precisamente, é necessária uma abstenção da rotina secular e somente dar atenção às questões filosóficas. 

Elas fogem de paixões mundanas, guardando lugar no coração apenas pela busca da verdade. Se por um lado são calmas, as brancas não demonstram emoções e são apáticas. Sisudas, essas feiticeiras acreditam que ignorar sentimentos as fazem analisar qualquer assunto sem parcialidade.

Entre as vermelhas, Liandrin (Kate Fleetwood) se sobressai

Ajah Vermelha

A série Roda do Tempo deixou claro quem são as vermelhas. Esse Ajah tem o foco em impedir o uso do Poder Único de forma errada ou perigosa. Com o passar do tempo, muitas se voltaram a capturar homens que canalizam, pois eles são proibidos de desenvolver e usar essa habilidade. Elas não formam amizade com outras Aes Sedai e não andam ao lado de guardiões.

Ajah Cinza

Quem faz parte da organização Ajah Cinza é versada em política e mediação de problemas. Elas privilegiam a harmonia e o consenso acima de tudo, valores que as fazem as pessoas ideais para resolverem conflitos. Tanto conhecimento permite que as cinzas escrevam leis e sejam importantes na diplomacia. Todas se interessam pela jurisprudência. 

Ajah Marrom

A irmandade Ajah Marrom é devota da sabedoria e da história, de conhecimentos antigos. Elas são as mais radicais na missão, por não se permitirem qualquer experimento mundano em troca do aprendizado, a ponto de trocar o dia pela noite para estudarem no silêncio, sem distrações. 

De todas as Ajahs, as marrons são as menos preocupadas com a aparência, sem tempo a gastar nisso. As feiticeiras administram a biblioteca da Torre Branca e vivem desconectadas de acontecimentos triviais.


Siga o Observatório de Séries nas redes sociais:

Facebook: ObservatorioSeries

Twitter: @obsdeseries

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....