Entenda a existência de Homens-Formiga em Os Mutantes

Seres bizarros se unem aos vampiros, lobisomens e outras dezenas de mutantes

Publicado há um mês
Por Cadu Safner
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Quem sintoniza na Record TV, às 16h30, de segunda a sexta, tem visto que a novela Os Mutantes, escrita por Tiago Santiago, chegou na fase em que Maria (Bianca Rinaldi) e seus amigos tentam invadir o laboratório secreto da dra. Júlia Zacarias, localizada na ilha dos mutantes, no Guarujá, por um caminho misterioso e muito perigoso.

Eles encontram uma tubulação enorme por debaixo da terra e quanto mais adentram no subterrâneo, mais criaturas bizarras surgem, dentre elas, dezenas de Homens-Formigas, todos eles liderados pela Formiga Rainha, interpretada por Carla Cabral. A partir disso, os nossos heróis não conseguem mais sair do local.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Mas o quê explica o surgimentos desses seres bizarros? Tiago Santiago justificou da seguinte forma: o reino de Agartha é um mundo que existe no interior da terra, Shambhala é a sua capital. Lá vive o povo que descende dos sobreviventes do reino perdido de Atlântida.

A Doutora Júlia Zacarias criou a comunidade dos Homens-Formigas para invadir Agartha e dominar aquele mundo. Para tal, é muito importante que nasçam muitos homens e mulheres formigas, para que estejam em maior número na hora do ataque.

Mas um grande problema existe para os Homens-Formigas, uma vez que a fecundação da Rainha tem que vir de origem humana. Todos os Homens-Formigas são estéreis, sem capacidade de reproduzir. Para conseguir a fecundação a rainha precisa de homens comuns. E por isso ela ataca Antônio (Paulo Nigro), Beto (Felipe Folgosi) e Noel (Fernando Pavão).

A inspiração vem das mais diversas partes. O exército de formigas tem como referência uma tribo da África, fotografada no livro Ethiopia – Peoples of The Omo Valley, de Hans Silvester.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais