Armação de Leozinho faz Aparício ir preso

Dissimulado, o bandido vira o jogo a seu favor e o investigador leva seu sogro para a cadeia

Publicado há um mês
Por Fábio Costa
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Sassaricando, novela de Silvio de Abreu que está em reprise no Canal Viva, Ricardo (Carlos Zara) resolve denunciar Leozinho (Diogo Vilela) à polícia. Afinal, ele vira que o genro de Aparício (Paulo Autran) ameaçara Camila (Maitê Proença) com um revólver e atirara na direção dela.

Aparício resolve ajudar o amigo na empreitada e chama ele mesmo a polícia para que vá à mansão prender Leozinho. O investigador (José Fernandes de Lira) ruma para lá acompanhado de dois outros policiais, que ficam na sala da casa enquanto se desenrola uma grande confusão.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na maior cara de pau, Leozinho se apresenta ao investigador e começa a virar o jogo a seu favor, declarando-se completamente inocente e desconhecedor de tudo que o acusam de ter feito. Isso deixa Aparício e Ricardo perplexos e revoltados, claro.

Conforme Aparício sugere ao investigador que leve o dissimulado Leozinho preso e, se for preciso, que use de métodos como choques elétricos e “umas bolachas” para que ele confesse o crime, a autoridade chega a ameaçar o milionário de prisão por desacato.

Ao ser verificada a propriedade do revólver que por pouco não ferira Camila de morte, uma surpresa: a arma é do próprio Aparício, presenteada a ele por sua falecida esposa Teodora (Jandira Martini). É o que basta para que o investigador mande levá-lo preso, e não a Leozinho.

Ricardo dá um jeito de tirar Aparício da cadeia, e logo expõe ao amigo que Leozinho é um bandido muito esperto, que deve ser muito experiente em artimanhas como a que usara. Em seguida fala de planos que tem para restituir a presidência da Tecelagem Abdala ao viúvo de Teodora.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio