Segundo Sol: Laureta revela passado nebuloso: “Fui prostituída desde cedo, era essa a vida que eu conhecia”

Publicado há 2 anos
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No capítulo desta quarta-feira (7) de Segundo Sol, Laureta (Adriana Esteves) será pressionada por Karola (Deborah Secco), que descobriu ser filha da cafetina e de Severo (Odilon Wagner).

Leia: Segundo Sol: Karola surpreende Luzia: “Você me perdoa?”

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Por que você não me quis? Eu fui uma criança tão horrível assim ao ponto de você me abandonar? Fala alguma coisa!”, indagará a morena. “Eu era inconsequente, não tinha escolhido ser mãe, aconteceu. Eu fui praticamente estuprada por Severo, Karola!”, rebaterá a vilã.

Saiba mais: Segundo Sol: Karola perde a paciência com Laureta e ameaça: “Eu devia te matar. É isso que você merece, desgraçada!”

“Severo queria que eu tirasse, mas não tive coragem. A saída foi te levar para o mesmo convento onde fui educada. Eu passei pela mesma coisa que você, com aquelas mesmas freiras, depois que meu pai foi preso pelos militares e minha mãe enlouqueceu. Fui acolhida pela irmã Felipa do mesmo jeito que você anos depois”, detalhará a víbora.

“Aquele convento era tudo o que eu conhecia de minha própria experiência. Eu era uma menina, não podia ser mãe! Você reclama que teve que trabalhar desde cedo fazendo programa na minha casa? Eu repeti o que a vida fez comigo! Fui prostituída desde cedo, era essa a vida que eu conhecia, a vida que eu podia lhe dar!”, concluirá Laureta.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais