Por que Tancinha fala tão errado em Sassaricando?

Personagem de Cláudia Raia fala totalmente diferente do resto da família na novela de Silvio de Abreu

Publicado há um mês
Por Fábio Costa
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Um dos personagens mais lembrados de Sassaricando é Tancinha (Cláudia Raia), nos 33 anos que separam a exibição original da novela de Silvio de Abreu na TV Globo e a atual reprise no Canal Viva. Bela e esfuziante, a jovem feirante também chama a atenção pelo modo de falar, totalmente equivocado.

Mas afinal, por que Tancinha fala dessa maneira tão errada, enquanto Guel (Edson Celulari), Isabel (Angelina Muniz) e Juana (Denise Milfont), os irmãos, e Aldonza (Lolita Rodrigues), não têm qualquer problema de correção na forma de se expressar?

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na novela, a explicação para o jeito de falar de Tancinha é a seguinte: a moça viveu durante muitos anos com a avó paterna, mãe de Ricardo de Pádua (Carlos Zara), o pai que há muitos anos abandonara a família na miséria.

Quando mais crescida, a moça voltou ao convívio da mãe espanhola e dos irmãos, mas o jeito de falar ficou, cheio de erros de concordância. Especialmente o pronome “me” que vale para tudo, além da pronúncia errada de certas palavras, como “cafajeste”, que vira “cafajestre” já nas primeiras cenas.

Para compor o sotaque de Tancinha, a atriz Cláudia Raia contou com os préstimos de Íris Gomes da Costa, professora de prosódia que, entre outros trabalhos, orientou atores de Grande Sertão: Veredas (1985) e Renascer (1993) na busca pelo modo de falar mais adequado às regiões de épocas de ambientação das respectivas histórias.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais