Por que Tancinha fala tão errado em Sassaricando?

Personagem de Cláudia Raia fala totalmente diferente do resto da família na novela de Silvio de Abreu

Publicado há 4 meses
Por Fábio Costa
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Um dos personagens mais lembrados de Sassaricando é Tancinha (Cláudia Raia), nos 33 anos que separam a exibição original da novela de Silvio de Abreu na TV Globo e a atual reprise no Canal Viva. Bela e esfuziante, a jovem feirante também chama a atenção pelo modo de falar, totalmente equivocado.

Mas afinal, por que Tancinha fala dessa maneira tão errada, enquanto Guel (Edson Celulari), Isabel (Angelina Muniz) e Juana (Denise Milfont), os irmãos, e Aldonza (Lolita Rodrigues), não têm qualquer problema de correção na forma de se expressar?

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na novela, a explicação para o jeito de falar de Tancinha é a seguinte: a moça viveu durante muitos anos com a avó paterna, mãe de Ricardo de Pádua (Carlos Zara), o pai que há muitos anos abandonara a família na miséria.

Quando mais crescida, a moça voltou ao convívio da mãe espanhola e dos irmãos, mas o jeito de falar ficou, cheio de erros de concordância. Especialmente o pronome “me” que vale para tudo, além da pronúncia errada de certas palavras, como “cafajeste”, que vira “cafajestre” já nas primeiras cenas.

Para compor o sotaque de Tancinha, a atriz Cláudia Raia contou com os préstimos de Íris Gomes da Costa, professora de prosódia que, entre outros trabalhos, orientou atores de Grande Sertão: Veredas (1985) e Renascer (1993) na busca pelo modo de falar mais adequado às regiões de épocas de ambientação das respectivas histórias.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio