Odilon Wagner fala sobre Severo se regenerar em Segundo Sol: “Não esperava esse fim”

Publicado há 2 anos
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No ar como o Severo de Segundo Sol, Odilon Wagner disse estar surpreso com a reviravolta na história do empresário corrupto, que renegava o filho negro, Roberval (Fabrício Boliveira) e que seguia tratando a mãe dos herdeiros, Zefa (Claudia Di Moura), como empregada.

Leia: Segundo Sol: Remy vai até a delegacia e Luzia é liberada da cadeia

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Não esperava esse fim. Sempre imaginei que Severo fosse terminar sofrendo, baseado nas características dele. Mas acho que esse final é saudável, porque aprender a se transformar é uma mensagem de que a gente precisa hoje em dia”, afirmou o famoso ao jornal Extra.

Saiba mais: Segundo Sol: Karola confronta Severo sobre ele ser seu pai

“Foi surpreendente saber que ele é pai de Karola (Deborah Secco). Não esperava mesmo! Mas reafirmo que não concordo com o fato de ele ter escondido esse segredo. Isso é covardia!”, ponderou o artista.

O ator apontou ainda de onde veio a força para a mudança. “A salvação dele veio do amor desses parentes esquisitos que, no fim das contas, são sua grande fortuna. Fiquei feliz com isso”, concluiu Wagner.

Segundo Sol: Remy deixa a cadeia e inicia sua redenção

A saber, nos próximos capítulos de Segundo Sol, após conseguir sair vivo de uma emboscada criada por Laureta (Adriana Esteves), Remy (Vladimir Brichta) irá com Beto (Emílio Dantas) e Ionan (Armando Babaioff) até uma delegacia.

Contudo, no local, o pilantra será detido até que seja investigada a história sobre a sua falsa morte. Após ser liberado, o criminoso dará de cara com Dodô (José de Abreu), Naná (Arlete Salles) e Nestor (Francisco Cuoco).

“Vocês não sabem a alegria que vocês estão me dando agora, vocês três, aqui, me esperando sair da cadeia”, falará o rapaz. “A gente está tão orgulhoso de você. Meu filho, você fez a coisa certa. Luzia (Giovanna Antonelli) foi solta e nossa família nunca esteve tão unida. Acho que esse é o momento mais alegre da minha vida inteira”, dirá a mãe do bandido.

O ex-amante de Karola (Deborah Secco) decidirá então questionar se o pai também está orgulhoso. “Claro, meu filho. Eu acredito que sempre tem uma hora, sempre dá tempo pra se endireitar, se regenerar! Você mostrou que todo mundo pode mudar, que nem você mudou”, responderá Dodô. “Eu vou me acertar! O senhor pode ter certeza”, concluirá, enfim, Remy.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio