No The Noite, Fafy Siqueira revela que prepara imitação de Anitta: “Tentando fazer o quadradinho”

Publicado há 2 anos
Por Greicehelen Santana
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Danilo Gentili conversa com a irreverente Fafy Siqueira no programa The Noite desta quinta-feira (04), no SBT. Em cartaz com o espetáculo Dó Ré Mi Fafy, a atriz fala sobre a carreira e o processo de preparação para imitar a cantora Anitta nos palcos.

Misturando vídeos, adereços, figurinos e músicas para contar piadas em seu novo show, Fafy revela que o público ficou surpreso ao descobrir o seu talento para o canto. “As pessoas me encontram e dizem que não sabiam que eu cantava bem”, afirma. Famosa por seu jeito bem-humorado, ela ainda declara: “não sei viver sem fazer humor. Sou viciada em fazer humor”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veterana na comédia brasileira, a artista comenta sobre suas maiores referências no gênero. “O Golias foi minha Eliana, minha Xuxa. Eu gostava muito de assisti-lo. Desde pequenininha imito ele”, detalha.

Fafy imitando Anitta

Renovando seu repertório, Fafy também revela estar estudando Anitta para poder imita-la. “Tentando fazer o quadradinho. A pessoa de 64 anos rebolando a bunda, o povo vai morrer de rir”, conta.

Ao longo da entrevista com Gentili, a atriz é questionada sobre o que faria se tivesse o corpo da voz de Bola, Rebola. “Deus não dá asa à cobra. Eu sairia na playboy todo ano”, declara em tom de brincadeira.

Sobre seu lado musical, diz adorar compor: “Gosto de cantar, mas a coisa que mais me liga com Deus é compor uma canção”, afirma.

A atriz revela ainda uma ocasião em que reivindicou um bordão: “lancei um bordão que era: ‘eu sou pobre, mas sou limpa’. Aí eu machuquei o joelho e tempos depois ouvi a Claudia Rodrigues falando o mesmo. Procurei o Chico Anyzio para reclamar e ele respondeu: você é tão inteligente, faz outro amanhã”.

Fafy recorda que começou no humor no SBT e comenta: “eu aprendi a ser humorista em ‘A Praça é Nossa’”. Ao final da conversa, ela ainda canta com a banda Ultraje a Rigor.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio