Juliana Alves sobre beijo de Renatinha e Catatau em Salve-se Quem Puder: “Intolerantes se incomodam”

A atriz e Bernardo de Assis protagonizaram beijaço icônico

Publicado em 13/7/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O beijo entre Renatinha e Catatau, encenado por Juliana Alves e Bernardo de Assis na novela Salve-se Quem Puder não é um simples beijo. É histórico. Isso porque é o primeiro envolvendo um ator trans, que inclusive interpreta um personagem trans. Sobre a cena icônica, Juliana contou que foi emocionante.

“Eu e Bernardo nos jogamos mesmo. Não foi um beijinho, foi um beijaço! E ficamos muito emocionados quando acabou a gravação. A gente sabe da importância que é ter uma mulher negra numa novela em que contamos nos dedos de uma mão a quantidade de nós no elenco e um ator trans fazendo um personagem como ele”, disse ela em entrevista ao jornal Extra.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Juliana explicitou a importância de trazer à tona debates como a inclusão de trans e de toda a comunidade LGBTQIAP+ nas mídias de grande difusão: “No país em que vivemos, o que mais mata LGBTs, responsabilidade no entretenimento é crucial. Não é só expor a intolerância, mas também dar bons exemplos. É a oportunidade de usar toda a visibilidade e o engajamento da teledramaturgia para transformar uma realidade que não é boa para ninguém”, expõe a atriz, que também pode ser vista no remake de Ti-Ti-Ti

A mãe de Yolanda, de três anos, ainda argumentou que as cenas do beijo e de todo o romance entre Catatau e Renatinha devem ser vistas com naturalidade. “Esse beijo não é uma agressão à família brasileira porque o amor não é agressivo. Só adultos intolerantes se incomodam. Eu quero que minha filha se inspire pelo amor, e não por quem está amando. E que tenha a liberdade de ser quem ela quiser”, sentencia.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio