MELHOR DA TARDE

Cátia Fonseca revela que trabalhava de moto na Band e desabafa: “Medo de ser assaltada”

Apresentadora relatou o aumento da criminalidade na capital paulista

Publicado em 26/05/2023

Nesta sexta-feira (26), a apresentadora Cátia Fonseca, de 54 anos, fez um desabafo durante o seu Melhor da Tarde, na Band, e falou sobre o aumento da criminalidade em São Paulo, sobretudo com os roubos de motos na capital paulista. Em seu discurso, a comunicadora revelou que trabalhava de moto para ir à Band, mas que dispensou a prática por conta do medo de ser assaltada.

“Gente, agora nós vamos falar sobre uma coisa que não é nada legal. Como vocês sabem, está crescendo o roubo de tudo, mas de moto também. Tem muita gente vendendo sua moto por medo de ser [assaltado]. O Rodrigo [Riccó] mesmo está vendendo a dele”, contou ela sobre a atual situação.

Cátia Fonseca também relatou que se locomovia de casa para a Band com o marido usando uma moto, mas que decidiu abandonar a prática por conta dos crescentes assaltos contra motoqueiros. “Às vezes, a gente vinha trabalhar de moto. Tudo bem que eu vinha pra cá sem celular, sem nada. Mas, mesmo assim, a gente pode acabar sendo morto porque querem levar a moto”, disse a apresentadora.

No fim de seu desabafo, Cátia Fonseca afirmou que presenciou uma ação dos policiais para tentar diminuir os roubos na cidade. “Ontem, quando a gente estava vindo aqui para a Band, estava tendo uma blitz policial e já tinham uns três guinchos lotados de moto. Eles estão fazendo essas apreensões, porque os bandidos roubam as motos e as utilizam para roubar outras coisas”, entregou ela.