Alicinha Cavalcanti morre aos 58 anos; famosos homenageiam a promoter

A causa foi uma doença rara conhecida como Afasia Progressiva Primária

Publicado em 3/8/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Morreu na tarde desta segunda (2), aos 58 anos, a promoter de eventos Alicinha Cavalcanti, considerada uma das maiores do país.

Ela lutava desde 2015 contra uma doença conhecida como Afasia Progressiva Primária (APP), uma enfermidade rara e degenerativa. Atinge parte do cérebro e não tem cura.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Internada no Hospital Albert Einsten, na cidade de São Paulo, Alicinha já não reconhecia os amigos. Ela era casada com Rodrigo Biondi, que acompanhou seu quadro desde o começo da doença.

Nascida na cidade de São João do Rio Preto, interior de São Paulo, a promoter começou no ramo na década de 1980 e estourou nos anos 1990, com grande destaque na mídia.

Alicinha era presença constante em vários programas de televisão, sobretudo por promover festas badaladas frequentadas por diversos famosos. Entre as atrações em que ela sempre aparecia estão o Domingo Legal, ainda com Gugu Liberato no SBT; assim como o extinto Pânico, que sempre fazia cobertura de seus eventos.

Nas redes sociais, celebridades amigas da promoter prestaram homenagens, como Adriane Galisteu, Marília Gabriela e Astrid Fontenelle.

“Minha amiga mais linda, mais generosa, amiga que não se abatia com nada, que a tudo vencia com ânimo e alegria“, postou Marília. “Perdemos você Alicinha…todo meu amor para sempre”, pontuou Galisteu.

Veja algumas postagens de famosos sobre a morte de Alicinha Cavalcanti:

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio