À Flor da Pele? Relembre as novelas que tiveram seus títulos alterados

Publicado há 3 anos
Por João Paulo Reis
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Você sabia que grande parte das novelas exibidas ganham títulos diferentes daqueles que foram planejados para elas? Quando o autor escreve uma história, ele coloca um título provisório que pode ser alterado pela emissora para adequação do enredo ou por facilitar a comercialização da mesma.

Confira novelas que tiveram seus títulos alterados:

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Leia também: “Sem perceber, foi a Bibi quem colocou o Rubinho no tráfico”, diz Juliana Paes

João Baldasserini, Nanda Costa, Thiago Martins e Marcelo Serrado em Pega Pega (divulgação)

Pega Pega

A história do roubo milionário do hotel Carioca Palace é o caso mais recente de título provisório. A novela se chamaria Pega Ladrão, título que a Globo preferiu evitar temendo que o público fizesse uma ligação com o momento da política atual. Cogitou-se a possibilidade de chamá-la de Carioca Palace, depois o título foi novamente alterado para Pega-Pega (com hífen), até que prevaleceu o nome Pega Pega.

A Força do Querer (Divulgação)

A Força do Querer

A história de Gloria Perez, que fala sobre os desejos que movem a vida das pessoas se chamaria À Flor da Pele, mas pouco tempo antes do início das gravações o título foi alterado.

A Lei do Amor (Divulgação/TV Globo)

A Lei do Amor

A novela escrita por Maria Adelaide Amaral que tinha como foco a corrupção política numa cidade do interior paulista, dominada por uma família tradicional se chamaria Sagrada Família.

Atena em A Regra do Jogo (Divulgação/ TV Globo)

A Regra do Jogo

Depois de escrever o sucesso Avenida Brasil, João Emanuel Carneiro queria escrever uma trama centrada numa favela que fosse um modelo de local bem sucedido mesmo com as privações financeiras. Sua história ganhou título de Favela Chique sendo substituído posteriormente por A Regra do Jogo.

Drica Moraes como Cora em Império (Divulgação/ TV Globo)

Império

Na sinopse original de Império, o famoso diamante rosa de José Alfredo (Alexandre Nero) seria substituído por uma falsa pedra preciosa, indo parar nas mãos de diversos personagens. A trama cresceu, e a Globo descartou o título Falso Brilhante.

Deodora em Tempos Modernos (Divulgação/ TV Globo)

Tempos Modernos

Tempos Modernos contava a história do empresário Leal Cordeiro (Antonio Fagundes), responsável por criar um prédio inteligente, em que seres humanos pudessem interagir com máquinas. Inicialmente a trama foi chamada de Bom Dia Frankenstein.

Klebber Toledo e Cássia Kis Magro em Morde & Assopra (Divulgação/ TV Globo)

Morde & Assopra

A novela das 19h, unia na mesma trama a inovação tecnológica do futuro, com a criação de androides idênticos a seres humanos e toques do passado, com uma protagonista que ganhava a vida como arqueóloga. O título provisório da novela era Dinossauros e Robôs.

Cida, Rosário e Penha em Cheias de Charme (Divulgação)

Cheias de Charme

Maria do Rosário, Maria da Penha e Maria Aparecida eram os nomes das empreguetes na novela Cheias de Charme, motivo pelo qual a trama ganharia o nome de Três Marias. Para uma trama tão divertida, a direção da emissora preferiu um título mais alegre. 

Francisco Cuoco em Cobras & Lagartos (Divulgação/ TV Globo)

Cobras & Lagartos

João Emanuel Carneiro foi chamado de forma emergencial em 2006, para escrever uma história que levasse de volta para a Globo a audiência perdida depois de Bang Bang. O autor que havia feito sucesso com Da Cor do Pecado apresentou a sinopse de Coração de Ouro, uma história sobre luxo e poder, que foi rebatizada de Cobras & Lagartos.

Laura (Claudia Abreu) e Maria Clara (Malu Mader) em Celebridade (Divulgação/ TV Globo)

Celebridade

Lançada em 2003, e sendo considerada por muitos, a melhor novela escrita por Gilberto Braga, a trama que mostrava a busca pela fama, e o embate entre Maria Clara Diniz (Malu Mader) e Laura Prudente da Costa (Cláudia Abreu) inicialmente se chamaria Fama, mas optou-se por alterar o título por já existir um programa com o mesmo nome. Curiosamente a revista comandada por Renato Mendes (Fábio Assunção) na história se chamava Fama, mas se chamaria Celebrity.

Olavo (Wagner Moura) e Bebel (Camila Pitanga) em Paraíso Tropical (Divulgação/ TV Globo)

Paraíso Tropical

Outra trama de sucesso escrita por Gilberto Braga teve seu título original alterado. Paraíso Tropical, se chamaria Copacabana, por se passar no famoso e decadente bairro da zona sul do Rio de Janeiro.

Nathália Dill e Sérgio Guizé em Alto Astral (Divulgação/ TV Globo)

Alto Astral

A novela escrita por Daniel Ortiz partiu de uma sinopse da falecida autora Andrea Maltarolli, que tinha o nome de Búu, por tratar-se de temas mediúnicos, com a presença de alguns espíritos na trama inclusive.

Patrícia Pillar e Claudia Raia, estrelas de A Favorita (divulgação)

A Favorita

A Favorita, sucesso de 2008 também não escapou dessa. A trama que tinha o enredo forte era chamada pelo seu autor de Juízo Final.

Félix (Mateus Solano) e Nikos (Thiago Fragoso) em Amor à Vida (Divulgação/ TV Globo)

Amor à Vida

Sucesso de Walcyr Carrasco, a novela inicialmente se chamaria Em Nome do Pai, devido à trama central de Bruno (Malvino Salvador), que criou uma criança após encontrá-la ainda recém-nascida em uma caçamba, mas a trama cresceu e o autor resolveu tirar o foco de seu enredo de cima do casal protagonista.

Outras tramas e seus títulos provisórios:

Cordel Encantado – Pisa na Fulô
Joia Rara – O Pequeno Buda
Fina Estampa – Marido de Aluguel
Senhora do Destino – Dinastia
Bebê a bordo- A Filha da mãe
Insensato Coração – Lado a Lado
Araguaia – Girassóis
Esperança – Ué Paisano
Agora é que são Elas – Cidade das Mulheres
A Gata Comeu – Pancada de amor não dói/ Lucrécia Bórgia / Bateu Levou / Tapas e Beijos / A Ilha
Beleza Pura – Operação Vaca Louca
Chocolate com Pimenta – Viúva Alegre
Caminho das Índias – Namasté
Cama de Gato – Pelo Avesso
Duas Caras – É a educação, estúpido
Negócio da China – Muralha da China
Páginas da Vida – Amor x Casamento
Começar de Novo – Romance
Como Uma Onda – Açores, Amor de Verão
O Cravo e a Rosa – O Machão
Andando Nas Nuvens – Maluco Beleza
Vale Tudo – Pátria Amada
Dancin’ Days – A Prisioneira

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais