Sabrina Petraglia faz revelação sobre final de sua personagem em Salve-se Quem Puder

"Valorizo muito cada oportunidade de trabalho"

Publicado há um mês
Por Henrique Carlos
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Há cerca de um mês, a atriz Sabrina Petraglia concluiu seu trabalho na novela Salve-se Quem Puder, já que precisou deixar a trama antes por conta da pandemia de coronavírus. Além disso, ela está grávida de cinco meses e não pode correr risco de ser contaminada.

Em conversa com o Observatório da TV, Sabrina contou detalhes sobre como foi voltar para concluir o desfecho de sua personagem, além de comentar o retorno de Haja Coração.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Quem é a Sabrina Petraglia?

Alguém em busca de sempre fazer o melhor que puder. De amar o quanto eu puder, de compreender, de ouvir. De ser a melhor mãe, filha, esposa, atriz e mulher, a melhor que eu puder.

Qual foi a maior lição que você tirou durante esse período pandêmico?

Aprendi muitas coisas durante esse período. Foi muito difícil, mas ganhei muitas coisas. Acho que não só eu, mas milhões de pessoas no mundo inteiro, puderam enxergar ainda mais o quanto é importante o respeito e a consideração pelo próximo. Ninguém vive sozinho, nós vivemos em uma rede e dependemos todos uns dos outros, de maneira positiva.

Isolamento

Você sentiu algum receio em relação a esse período da quarentena? Já que é mãe de um menino de um ano e está grávida de uma menininha que nasce nesse novo tempo…

Sim. Senti muito receio, principalmente na época em que descobri a segunda gestação. Como não estava nos planos, tomamos um baita susto. Confesso que fiquei em choque por uns dias (risos), mas logo passou e estamos super felizes.

Por estar grávida, a sua participação em Salve-se Quem Puder foi reduzida. Você ficou frustrada em relação a isso?

Valorizo muito cada oportunidade de trabalho que recebo. Lutei demais para chegar onde estou e toda conquista é única para mim. Mas, naturalmente, uma gestação é um momento sagrado. O que é para ser tem mais força, então tudo acabou encontrando o seu devido lugar. Confio demais no Daniel (Ortiz, autor) e no Fred (Mayrink). Eles foram impecáveis em todo o processo e eu fiquei feliz com o que vem por aí para a Micaela. O público terá que esperar para ver. Não fiquei frustrada, não. Sei que as coisas acontecem na hora certa.

Daniel Ortiz deu um final bem bacana para a sua personagem… Já que Micaela Santamarina consegue realizar um sonho do passado, de estudar fora… Acabou fugindo do clichê de encontrar o amor para a vida toda, né?

Sim. Tinha certeza de que o desfecho de Micaela seria incrível. E fez jus à personagem, que foi muito especial para mim. Amei fazer a Micaela e, sem dúvidas, o final me deixou muito satisfeita. Mas Daniel tem muitas surpresas. Vocês terão que assistir a segunda temporada para ver o que acontece com Micaela.

Retorno

Como foi voltar aos Estúdios Globo pós pandemia?

Foram momentos de muita emoção, ainda que com tudo feito de maneira completamente diferente da que estávamos acostumados, antes da pandemia, bons reencontros sempre enchem nossos corações de alegria. Estava sentindo muita falta.

Foi difícil reencarnar a personagem?

Sim e não. A Micaela já se tornou uma parte de mim, então não precisei cavar fundo para reencontrá-la. A parte difícil foi saber que teria que me despedir.

Como foi a troca com o Marcos Pitombo nessa reta final?

Ele é um querido. Alguém com quem sempre vou amar trabalhar, dividir a cena. Então, nossa troca foi exatamente como sempre foi, cheia de alegria, muito rica. E, dessa vez, claro… com um plus, a emoção da despedida.

Falando nisso, Haja Coração vai ser reprisada…. Qual é a maior saudade que você sente da Shirlei?

A Shirlei foi uma personagem incrível e muito marcante para mim e para minha carreira. Tudo sobre ela me traz saudades. Aprendi demais por causa da Shirlei e estou super contente que agora vou poder assistir a novela de casa.

Outra visão

Como vai ser assistir a novela como telespectadora? Já que na época em que ela passava, você gravava direto.

Vai ser ótimo! Estou super animada que finalmente vou ter a oportunidade de sentar e assistir, todos os dias. Realmente, quando foi ao ar pela primeira vez, não consegui assistir por causa do ritmo das gravações. E ter essa chance agora está sendo um presente!

Qual é o seu maior sonho?

A minha felicidade e a de quem eu amo, meus filhos, meu marido, minha família.

O que tira você do sério?

O desrespeito me tira do sério.

Se você pudesse deixar uma mensagem para a posteridade… Qual a mensagem você deixaria?

Que a gente possa tirar o melhor desses momentos difíceis e aprender a viver em harmonia uns com os outros. Sendo pessoas do bem, que fazem o bem pelo outro, que enxergam o outro. Capazes de amar.

Qual é o mundo que você sonho para os seus filhos?

O mundo que sonho para os meus filhos é um mundo saudável. Com menos ódio e desrespeito. Onde as pessoas saibam respeitar e amar, principalmente. E os meus filhos possam ser livres para amar e respeitar também.

*Entrevista realizada pelo jornalista André Romano.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais