Record TV cresce com A Fazenda, mas precisa se mexer para manter boa fase

Emissora precisa se preparar para o fim do reality show

Publicado há um mês
Por André Santana
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Mesmo estacionada nesta reta final, é fato que A Fazenda 12 foi um grande sucesso da Record TV. O reality show voltou a servir como mola propulsora para toda a grade da emissora, assim como aconteceu em sua estreia, lá em 2009. Vários programas da Record foram beneficiados com este sucesso.

A Fazenda tirou a linha de shows do canal do marasmo. A emissora sempre teve dificuldades em emplacar bons projetos na faixa das 22h30, tornando-se freguês do SBT quase sempre. Mesmo atrações suntuosas, como o Dancing Brasil e o Canta Comigo, não foram capazes de reverter este cenário.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Mas a atual edição do reality show rural conseguiu. A Fazenda “esvaziou” o SBT e até mesmo obrigou a Globo a mexer na grade. Atualmente, a líder tem exibido um Jornal Nacional bem grande e praticamente transformado A Força do Querer em “novela das dez”. A manobra serve para tentar estacionar a curva ascendente do programa da Record.

Além disso, A Fazenda impulsionou outros programas da grade. A reprise de Jesus, que serve como “sala de espera” para a atração, acabou beneficiada. Amor Sem Igual, que vem antes, surfa no fato de ser a única novela inédita em cartaz, e também cresceu. Hora do Faro, que estava atrás de Eliana há semanas, voltou a incomodar ao repercutir o reality.

Desafio

Ou seja, A Fazenda 12 fez a Record TV sair de um estado de letargia que estava há anos. A repercussão do reality show jogou luz sobre a emissora, que voltou a ter visibilidade junto ao público. Sendo assim, agora é a hora de o canal se preparar para continuar nesta posição.

Para isso, a emissora precisa de uma estratégia sólida de manutenção de programação. A Record TV precisa montar uma nova linha de shows que seja minimamente interessante, para tentar segurar boa parte do público do programa de Marcos Mion. Ou seja, apesar de ser dezembro, não é hora de o canal tirar férias.

Ao que tudo indica, a direção da emissora já se mexe neste sentido. O novo programa de Geraldo Luís às quartas-feiras, por exemplo, tem estreia prevista para janeiro. Não é muito, claro, mas já é alguma coisa. É um sinal de que a Record TV não vai se reduzir às reprises entre janeiro e março, esperando as férias acabarem.

É por aí. A Fazenda vai acabar, mas a emissora precisa continuar. Mas a boa fase só se manterá se o canal souber montar uma linha de shows minimamente agradável. E, claro, inédita.

*As informações e opiniões expressas nessa crítica são de total responsabilidade de seu autor e podem ou não refletir a opinião deste veículo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio