TVs mudam regras e dispensam máscaras para repórteres em estados com flexibilização

Emissoras abertas liberam uso de item facial em locais abertos no RJ; CNN Brasil mantém obrigação

Publicado em 28/10/2021 21:19
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A flexibilização do uso de máscaras em locais abertos no Rio de Janeiro, conforme lei sancionada pelo governador Cláudio Castro (PL) na última quinta-feira (28), alterou também os protocolos de segurança contra a Covid-19 nas emissoras. Na capital fluminense, repórteres já aparecem no vídeo sem o item facial, que desde maio de 2020 era obrigatório.

A coluna procurou as principais redes de TV a respeito da liberação do uso de máscaras. Além do Rio de Janeiro, o governo do Distrito Federal adotará a mesma flexibilização a partir da próxima quarta-feira (3). Outros estados, como São Paulo e Santa Catarina, discutem a medida com autoridades de saúde. O equipamento de proteção continua obrigatório em ambientes fechados.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Dos canais que responderam à coluna, apenas a CNN Brasil manteve o uso obrigatório de máscaras mesmo no Rio de Janeiro. Globo, SBT, Record e Band já liberaram os repórteres do item facial. Os jornalistas, que chegaram a exigir equipamentos melhores às emissoras, transformaram a retirada das máscaras em um “evento”, a exemplo do que ocorreu com correspondentes nos Estados Unidos.

Confira abaixo o posicionamento de cada emissora:

“Como já foi explicado ao vivo, no ar, com o avanço da vacinação no Rio, a Prefeitura e o Governo do Estado publicaram novas regras que estabelecem que a utilização da máscara deixa de ser obrigatória na cidade do Rio de Janeiro, em locais abertos, onde não houver aglomeração. Então, sempre que nossos repórteres e entrevistados estiverem nessa situação, eles podem ficar sem a máscara. A medida por enquanto vale apenas para a cidade do Rio de Janeiro. As equipes de reportagem da Globo continuarão a seguir as orientações das autoridades sanitárias e comitês científicos. Em cidades que não atingiram as metas determinadas na regulamentação do Estado do Rio de Janeiro, a utilização da máscara continuará a ser obrigatória” (Globo)

“Quando o novo decreto sair no Diário Oficial, os repórteres estarão autorizados a retirar as máscaras em locais abertos. Caso o profissional ainda não se sinta seguro poderá continuar usando a proteção. Lembrando que, em locais fechados ou mesmo abertos mas com aglomeração, a máscara será utilizada e nas entrevistas, mesmo em ambientes abertos, os repórteres usarão o protetor e manterão a distância mínima de 1,5 m do entrevistado” (SBT)

“Com a flexibilização do uso de máscara em espaço público aberto no Rio, a RecordTV Rio passa a adotar, a partir de hoje, a seguinte regra: em locais abertos e sem pessoas ao redor, os repórteres estarão sem máscara no vídeo. Em todas as demais situações, mantém-se o uso da máscara” (Record)

“Os repórteres da Band no Rio de Janeiro estão dispensados do uso de máscaras durante gravações em locais abertos e sem aglomeração. Aqueles que preferirem, podem continuar usando a proteção facial. A orientação da emissora passar a valer hoje, após decreto publicado pela prefeitura da capital fluminense” (Band)

“Mediante a oficialização do novo decreto no Diário Oficial, ficará a critério dos colaboradores da RedeTV! que atuam no estado do Rio de Janeiro a decisão de utilizarem ou não máscaras em locais abertos, desde que atendidos os requisitos estabelecidos por lei” (RedeTV!)

“A CNN Brasil informa que todos os repórteres irão manter o uso de máscaras em ambientes públicos, inclusive no Rio de Janeiro. Os jornalistas só estão autorizados a ficar sem máscara se for no estúdio ou de casa e isso se estiverem apresentando, pois nos bastidores da emissora as normas de distanciamento, higiene e máscara serão mantidas. Todos os colaboradores já foram orientados” (CNN Brasil)

Siga o colunista no Twitter e no Instagram.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio