Mais do que você gosta.
Assine o Star+
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Jornalismo

GloboNews anuncia mudanças no comando de seus telejornais

Já no mês que vem, Cecília Flesch assume o Em Ponto no lugar de Julia Duailibi

Publicado em 12/05/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

A GloboNews divulgou na manhã desta quinta-feira (12) algumas mudanças que serão promovidas nos telejornais da emissora nas próximas semanas. Na mesma época, Maria Beltrão entrega o comando do Estúdio I para Andreia Sadi, já que deve ingressar no semanal É de Casa, da TV Globo.

Com a ida de José Roberto Burnier para a edição noturna do SP TV em substituição a Carlos Tramontina, a vaga de âncora paulista do matutino Conexão GloboNews passa a ser de Christiane Pelajo em julho. Seguem no jornal Leilane Neubarth, do Rio de Janeiro, e Camila Bomfim, direto de Brasília.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Christiane Pelajo é uma das fundadoras da GloboNews: ela integra o grupo de profissionais que inaugurou o canal em 1996. Durante 10 anos, esteve à frente da bancada do Jornal da Globo.

A jornalista se define como uma apaixonada pela adrenalina que as transmissões ao vivo trazem: “Percebo que todos os meus sentidos ficam mais apurados: enxergo melhor, ouço melhor, sinto as coisas melhor”.

Pelajo vinha apresentando a Edição das 16h do Jornal da GloboNews, transmitida de São Paulo. No horário, um novo telejornal deve estrear em julho, sob o comando de Julia Duailibi, que deixa a apresentação do matutino Em Ponto, e de Tiago Eltz, que retorna ao Brasil após experiência como correspondente da TV Globo em Nova York.

Julia Duailibi está na GloboNews desde 2018, fazendo comentários sobre política e economia, e integrando o time do Papo de Política, ao lado de Natuza Nery, Andreia Sadi e Maria Julia Coutinho.

“As eleições presidenciais deste ano acontecem num momento fundamental para o país. A GloboNews se prepara para uma das maiores coberturas da sua história. É uma responsabilidade enorme – e também uma grande satisfação – fazer parte desse processo”, destaca Julia.

Além dos cinco anos como correspondente em Nova York, período durante o qual esteve à frente da importante cobertura da eleição de Joe Biden nos Estados Unidos, Tiago Eltz também participou de coberturas como a da retomada do Complexo do Alemão, que rendeu à TV Globo o Emmy Internacional de Jornalismo, e a da tragédia com o avião que levava o time da Chapecoense.

“Eu queria muito voltar ao Brasil para cobrir esta eleição. E não conseguiria pensar em um lugar melhor pra cobrir a eleição do que na GloboNews. Pra completar a minha empolgação, ainda tem o desafio de criar um novo formato pra fazer isso, e a alegria de poder trabalhar ao lado da Julia. Sou literalmente fã da Julia”, diz Tiago.

No ar a partir das 6h, o Em Ponto passa a ser apresentado em junho por Cecília Flesch, que já apresentou todos os telejornais da casa e tem sido vista frequentemente à frente do Especial de Domingo da GloboNews, que começa às 18h e engloba atrações como GloboNews Internacional, Cidades e Soluções e GloboNews Debate. Leila Sterenberg assume oficialmente a atração.

Cecília está na GloboNews há 17 anos, e já atuou como produtora, editora, repórter e apresentadora. Ela fala com vibração sobre o novo desafio: “Sei o quanto é importante para muita gente sair de casa bem informado. De casa, na academia, no celular. Nossos assinantes são muito fiéis a esse horário”

Poliglota e especialista em temas internacionais, Leila Sterenberg está na casa desde 1998 e sempre participou de coberturas históricas, apresentando e fazendo traduções simultâneas – como, este ano, durante a cobertura da Guerra na Ucrânia.

“O Especial de Domingo entrega o que promete: é, de fato, especial, porque traz, com dinamismo e variedade, aquilo que é necessário para que o assinante comece a semana bem informado. A equipe – que adoro! – é extremamente dedicada, o que transparece no ar. Vai ser um desafio e um enorme prazer ancorar o programa, sobretudo num momento como o atual, de ebulição no mundo e eleições no Brasil”, comemora Leila.

Além disso, Candice Carvalho e Felippe Coaglio foram promovidos em suas funções no Escritório da TV Globo em Nova York. Candice fica com a vaga de Tiago Eltz, e passa a dedicar-se somente à reportagem, deixando a função de produtora que hoje também ocupa.

A jornalista teve grande destaque em coberturas recentes, como a das eleições presidenciais norte-americanas de 2020 e a dos protestos que tomaram os Estados Unidos após o assassinato de George Floyd.

“Pra mim é uma grande responsabilidade e enorme honra fazer parte do time de correspondentes em Nova York. Estou muito feliz e ansiosa pelas coberturas que vêm pela frente”, comemora Candice.

Na vaga de Candice Carvalho, ficará Felippe Coaglio, que entrou na Globo em 2010 como estagiário em SP e, em 2014, foi ser produtor no escritório em Nova York. Ele agora se torna correspondente em Nova York.

Nesses oito anos, Coaglio participou de coberturas históricas – como a de outubro de 2020, quando o ex-presidente americano Donald Trump precisou ser internado às pressas por causa da covid-19. Coaglio viajou para Washington e relatou tudo, ao vivo e em reportagens especiais, da porta do hospital.

“É a realização de um sonho virar correspondente nesta redação que é minha segunda casa. Ao lado de colegas incríveis e talentosos com quem eu aprendi a desbravar e entender esse país desafiador chamado Estados Unidos”, diz Felippe, cuja vaga de produtor deve ser preenchida em breve.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....