Mais do que você gosta.
Assine o Star+
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
BRIGA FEIA

Warner Bros. acusa Ruby Rose de mentir sobre saída de Batwoman

Produtora e ex-protagonista da série de herói discutem publicamente; entenda o caso

Publicado em 20/10/2021
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

A briga entre Ruby Rose, ex-Batwoman na série de TV, e a Warner Bros. ganhou mais um capítulo, baixando o nível da confusão. O estúdio que produz a atração para a rede americana The CW acusou a atriz de mentir, ou em outras palavras, “reinventar a história“, sobre a saída dela do drama, ocorrida em maio do ano passado.

Em um comunicado divulgado para a imprensa nesta quarta-feira (20), a Warner Bros. escolheu palavras duras para responder uma série de depoimentos feitos por Ruby Rose na madrugada de hoje mesmo, no Instagram, nos quais ela descreveu os bastidores de Batwoman como tóxicos.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Apesar de Ruby Rose reinventar a história em uma publicação online em que ataca produtores, elenco e a equipe [de Batwoman], a verdade é uma só: a Warner Bros. optou por não renovar o contrato de Ruby Rose para a segunda temporada da atração, usando como base várias reclamações sobre o comportamento dela no local de trabalho, denúncias essas que foram amplamente revisadas e tratadas internamente com respeito à privacidade dos envolvidos“, disse a empresa.

Entenda o caso

Ruby Rose usou postagens nos Stories do Instagram para falar sobre a saída conturbada e chocante dela de Batwoman. A australiana começou soltando um “basta!”, afirmando que contaria ali a verdadeira história dos bastidores da atração.

Ela fez denúncias de assédio moral e sexual. Chegou a falar de colegas com queimaduras graves (de terceiro grau) e de uma assistente de produção que ficou tetraplégica por sofrer um acidente no set. A própria atriz fraturou a coluna e teve de passar por cirurgia. Segundo ela, foi obrigada a atuar após dez dias da operação.

Ex-Orange Is the New Black (2013-2019), Ruby citou nomes de gente importante de Batwoman nessas acusações, como Caroline Dries (showrunner), Greg Berlanti e Sarah Schechter (produtores executivos) e Peter Roth (ex-presidente da Warner Bros. Television).

A atriz voltou a bater na tecla de que não desistiu da série por vontade própria, porém foi forçada a sair (na nota, a Warner afirma que a demitiu). Ruby também confessou passar do limite durantes as gravações. “Briguei com pessoas? Sim… mas porque eu exigia segurança [no set]. Eu nunca aumentei a minha voz para ninguém.”

Javicia Leslie ficou com o papel de Batwoman. Desde a saída, Ruby Rose não conseguiu nenhum outro trabalho na TV.


Siga o Observatório de Séries nas redes sociais:

Facebook: ObservatorioSeries

Twitter: @obsdeseries

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....