Mais do que você gosta.
Assine o Star+
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
MERCADO

Efeito streaming faz séries de comédia desaparecerem da TV

Entenda por que produções tipo Friends são raras atualmente

Publicado em 27/04/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

A atual temporada de pilotos da TV americana, que começou em janeiro e encerra agora em maio, é a representação concreta de como o streaming afeta diretamente o mercado televisivo. As produções de comédia atingiram um nível histórico baixo porque as emissoras estão de olho em dramas, estilo que funciona melhor nas plataformas (próprias ou de terceiros). O resultado disso é o desaparecimento gradativo das sitcoms.

Tradicionalmente, as redes ABC, CBS, Fox, NBC e The CW encomendam pilotos (primeiros episódios) de séries durante os cinco primeiros meses do ano. É uma temporada para analisar quais produções são capazes de serem sucesso ao entrarem no ar. Caso aprovado, o piloto vira uma atração completa e, de praxe, estreia entre setembro e novembro na chamada fall season.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Na temporada de pilotos deste ano, apenas dez comédias foram encomendadas (de um total de 30 atrações). A cada comédia produzida, dois dramas estão em gravação.

Hoje, os conglomerados de mídia encaram as redes da TV aberta americana como a primeira janela de uma série, para logo em seguida desembocar no streaming. Do big 5, três tem ao menos um streaming irmão: ABC (Disney+/Star+); CBS (Paramount+) e NBC (Peacock).

A fórmula mais efetiva, segundo os executivos, é apostar em dramas, não importa o gênero (policial, hospitalar, jurídico…). Os resultados evidenciam que, no streaming, dramas trazem mais resultados do que comédias. 

Isso causa uma mudança brusca. Afinal, das redes de TV aberta dos EUA saíram séries cômicas sensações nos streamings, tipo How I Met Your Mother (Star+) e Friends (HBO Max), para citar duas apenas. Contudo, esse fator faz parte da exceção que confirma a regra.

Comédias tipo Friends são raras na TV americana atual

Quem se salva?

Pega-se a fall season da atual temporada. Das quatro principais redes americanas, duas (NBC e Fox) não tiveram uma comédia sequer na grade de programação. E a ABC só exibiu sitcoms em um único dia. A CBS colocou comédias aqui e ali ao longo da grade.

Da ABC veio uma das melhores comédias dos últimos tempos da TV aberta dos EUA: Abbott Elementary, sobre a rotina de professores em uma escola pública. E a CBS emplacou um sucesso de crítica e público, a divertida Ghosts.

Até pela raridade de novas comédias tipo arrasa-quarteirão, os estúdios venderam a preços altíssimos os direitos de The Office, Friends e similares, por serem produtos raros. Como mostram os números de audiência nos streamings, o negócio acabou sendo bom para ambas as partes.

Será interessante ver quantas das dez comédias encomendadas vão virar série; além de acompanhar quais cairão na boca do povo. Cada emissora americana gasta, em média, US$ 100 milhões (R$ 531 milhões) na temporada de pilotos. Em tempos de bolso apertado, mais do que nunca vale apostar no certo (dramas) do que no duvidoso (comédias). ⬩

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....