Mais do que você gosta.
Assine o Star+
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
RECAP

Better Call Saul: 5 coisas que você precisa lembrar antes da 6ª temporada

Drama filhote de Breaking Bad retorna com episódios inéditos, na terça (19), após dois anos

Publicado em 19/04/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Após intervalo de dois anos entre o final da quinta temporada e o começo da sexta leva, um recap sobre os eventos mais importantes de Better Call Saul é mais do que necessário. Quem se lembra de abril de 2020, afinal? Ainda mais recordar os fatos de uma série, principalmente após ver tantas outras nesse longo período de tempo. 

O Observatório da TV preparou uma breve recapitulação sobre o que realmente importa antes da 6ª e última temporada. A estreia na Netflix será na terça-feira (19); novos episódios serão lançados semanalmente.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

A quinta temporada se passou em 2004, quatro anos antes de Jimmy McGill/Saul Goodman (Bob Odenkirk) conhecer Walter White (Bryan Cranston) e Jesse Pinkman (Aaron Paul). Essa aproximação da série filhote com Breaking Bad (2008-2013) foi bem sentida nos episódios, tornando Better Call Saul mais encorpada.

O drama teve desenrolamentos importantes, como a virada na personalidade de Kim Wexler (Rhea Seehorn). Fora isso, a alta qualidade da trama culminou em quatro indicações ao Emmy, incluindo melhor drama.

Veja cinco coisas que você precisa lembrar de Better Call Saul antes da 6ª temporada:

Outra identidade

Como se sabe, Better Call Saul narra eventos anteriores a Breaking Bad. Mas a série mostra pequenos relances de Saul Goodman no que seria o nosso presente, história depois do narrado no drama premiado. No caso, o advogado trambiqueiro está em fuga e mudou de nome, passando a se chamar Gene Takavic, gerente de um restaurante de shopping center. 

Um homem o reconhece como Saul Goodman, nome oficialmente adotado na quinta temporada, mas ele decide permanecer onde está, na cidade de Omaha. Fica a expectativa se o advogado será pego realmente.

Casamento

No sétimo episódio, Jimmy e Kim se casaram. Foi uma cerimônia judicial, no civil, apenas oficializando a união deles que vem de longa data. O casório no papel serve também para que um não deponha contra o outro em juízo. Kim é a terceira mulher com quem Jimmy se casou.

Rhea Seehorn na quinta temporada de Better Call Saul

Virada de Kim

Ao longo de Better Call Saul, Kim participou de alguns conluios armados pelo parceiro. Porém, no final da quinta temporada ela revelou um lado sombrio, chutando o balde da ética e planejando um ataque contra o rival Howard Hamlin (Patrick Fabian). A tramoia venenosa até deixou Jimmy com um pé atrás. 

Essa nova moral de Kim será explorada na sexta temporada. É ela cada vez mais imitando Saul Goodman, a persona especializada em ciladas que Jimmy criou e está presente na relação dos dois.

Amigo do crime

No começo da trama, Jimmy se enrolou com o clã Salamanca, vínculo eterno. Agora, ele tem de ser o advogado do crime, goste ou não. Com eficiência, ele defendeu Lalo (Tony Dalton) na quinta temporada, o livrando da prisão. Como pagamento, Jimmy recebeu milhões de dólares e virou amiguinho do cartel.

Nacho duas caras

Uma trama paralela importante é a de Nacho Varga (Michael Mando). O bandidão inteligente caiu na teia de Gus (Giancarlo Esposito), pelo fato de ter sido responsável por colocar Hector (Mark Margolis), ex-chefe, em uma cadeira de rodas. Gus fez uma baita extorsão contra Nacho, ameaçando matar o pai do soldado dos Salamancas caso não aceite ser um informante.

Nacho passa, então, a tentar ganhar mais confiança dos Salamancas, coletando informações e repassando-as para Gus. Como que o clã criminal vai reagir ao saber dessa traição? ⬩

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....