Mais do que você gosta.
Assine o Star+
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
CRÍTICA

Alicerce de Ms. Marvel, jornada teen de Kamala é o ponto fraco da trama

Nova série é a produção da Marvel de menor audiência no Disney+

Publicado em 26/06/2022
Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Série da Marvel menos vista no Disney+, Ms. Marvel apresenta algumas coisas interessantes que merecem ser mencionadas. Porém, o ponto negativo da trama é justamente o alicerce: a jornada teen da protagonista Kamala Khan (Iman Vellani). Enquanto encena importantes situações sobre a cultura paquistanesa e fé muçulmana, envelopadas em uma história de heroína empolgante, a série escorrega ao imergir no mundo teen.

Todo o momento em que Ms. Marvel muda de caminho para falar sobre a vida adolescente de Kamala, a trama perde força. Isso porque as soluções aplicadas são ruins e destoam do restante da atração. É como se duas mentes criativas distintas estivessem trabalhando na mesma produção, mas sem conversarem entre si.

Continua depois da publicidade
Não foi possível carregar anúncio

De todas as séries da Marvel feitas para o streaming Disney+, Ms. Marvel é explicitamente a mais focada na audiência jovem e adolescente. E o público-alvo foi atingido, pois é ele que sustenta a o ibope, de acordo com os primeiros números divulgados. A maneira de inserir isso no enredo é o que prejudica o todo.

O colorido visto nos episódios, o clima urbano e os grafites animados feitos pela série estão no lado positivo da balança. Assim é criado um ambiente jovial. Contudo, em certos instantes parece que a série tem de forçar que ali se trata de uma adolescente heroína, como se os telespectadores fossem esquecer disso.

Então, Kamala tem todo um arco sobre aprender a dirigir, brigar com os pais por causa de picuinhas bobas, sofrer nas aulas de educação física, fugir de casa escondida… Não há necessidade de constantemente colocar eventos triviais desse tipo ao longo dos episódios para reforçar que Kamala é adolescente, de 16 anos (a atriz tem 19). Há maneiras mais sutis de se fazer isso, sem trazer para o vale um desenvolvimento de história que estava no pico.

Iman Vellani na série Ms. Marvel

Montanha-russa

Cada episódio de Ms. Marvel é uma viagem digna de montanha-russa. Quando a narrativa cresce, quando o enredo está prestes a engrenar… Daí entra abruptamente um conflito teen que murcha a empolgação.

Ms. Marvel tem elementos atraentes variados, como destrinchar a fé muçulmana, apresentando ritos e costumes, além de expor detalhes da cultura paquistanesa (Kamala é filha de imigrantes), coisas raras de serem vistas em Hollywood. E traz para o centro do entretenimento ocidental o delicado debate sobre a Partilha da Índia.

Fora isso, a atração tem muita coisa relacionada ao MCU, o Universo Cinematográfico da Marvel, refletindo acontecimentos em filmes e séries passadas e projetando coisas para as próximas atrações. Isso encabeçado por uma boa introdução de uma nova personagem, uma das mais recentes no mundo da Marvel.

Fica a critério do telespectador analisar se todos os pontos positivos superam os negativos. Há momentos que sim, vale sofrer o baque dos tropeços. Contudo, a jornada teen da Kamala poderia ser melhor executada, tornando assim Ms. Marvel uma série bem mais atraente. ⬩

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Publicidade
Não foi possível carregar anúncio
Publicidade
Posting....