Laura é ofendida pelo filho de César na missa de sétimo dia de Isabel

O filho de César não gosta de ver a amante do pai na igreja

Publicado há 2 meses
Por Fábio Costa
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Assim como o casamento de Diogo (Rodrigo Santoro) e Marina (Paloma Duarte) durou bastante, mais da metade da primeira semana de Mulheres Apaixonadas, depois de duas semanas e meia só se passou uma semana na vida dos personagens da novela de Manoel Carlos.

Apenas entre os capítulos 14 e 15, no ar terça-feira (8) e quarta-feira (9), se chegará à missa de sétimo dia de Isabel Andrade de Melo (Cris Bonna), mulher do renomado neurocirurgião César (José Mayer) e mãe de Rodrigo (Leonardo Miggiorin) e Marcinha (Pitty Webo). Seu sepultamento ocorreu horas antes do casamento de Diogo e Marina.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Rodrigo não perde uma única oportunidade de provocar o pai falando de seu caso mais do que sabido com a colega de profissão e de clínica, Laura (Carolina Kasting), o que já rendeu a César até um ferimento na mão ao cortar-se quebrando um copo de raiva do filho.

E uma nova oportunidade se apresenta na missa de sétimo dia de Isabel, à qual Laura comparece. Ao vê-la, Rodrigo se vê tomado de ódio e revolta, como sempre ocorre quando a encontra. E exige em plena igreja que Laura deixe o recinto, já que sua presença ofende a memória de Isabel.

Humilhada e envergonhada, Laura deixa a igreja de cabeça baixa e César só não vai logo atrás porque sua mãe, Dona Matilde (Sônia Guedes), o impede de fazê-lo. Para acalmar os ânimos e retomar a cerimônia, o Padre Pedro (Nicola Siri) pede a todos que respeitem a missa e o local em que se encontram.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais