Walcyr Carrasco comenta declaração polêmica de Taís Araújo sobre Xica da Silva: “Lamento muito”

Autor negou crítica à atriz e disse que só escrevia a novela

Publicado em 16/11/2021 20:15
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Walcyr Carrasco se pronunciou a respeito de uma declaração de Taís Araújo durante o Roda Viva. Na edição de segunda (15), durante entrevista com Zezé Motta, ela lembrou da novela Xica da Silva.

A atriz trouxe à tona uma antiga entrevista do diretor Walter Avancini e do autor, que assinava o roteiro com o pseudônimo de Adamo Angel, publicada pelo jornal Folha de São Paulo em 1997.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na ocasião, eles a criticaram por se negar a fazer uma cena de sexo anal. “No momento que eu neguei fazer uma cena de sexo anal, Walter Avancini e Walcyr Carrasco foram publicamente dizer que eu estava transformando a Xica da Silva numa Maria Chiquinha”, disparou.

O comentário pegou Walcyr de surpresa, que afirmou não se lembrar da entrevista. Além disso, disse que não sabia da rotina dos atores, apenas escrevia as cenas.

“Não tinha nenhum contato com os atores, eles nem mesmo sabiam meu nome. Só no final da novela os conheci em uma única passagem pelo estúdio. Nunca soube sequer dessa cena. Eu só escrevia. Mas acho que essa cena nunca existiu, eu certamente não escrevi”, disse ao portal Na Telinha.

Walcyr mostra empatia ao comentário de Taís Araújo

Do mesmo modo, afirmou que Taís sabia que a personagem seria voltada ao lado sensual. “Ela aceitou o papel, convidada por Walter Avancini, onde sabia das cenas sensuais e concordou com isso. Então, não vejo sentido no que ela está dizendo. Mas eu não estava no set de gravação, não posso opinar sobre pressões que ela alega ter sofrido ou não. Como disse, escrevi a novela com pseudônimo e não estava presente nas gravações”, destacou.

Em todo caso, Walcyr mostrou empatia à declaração da atriz. “Mas não sei exatamente o sentimento da Taís, e lamento muito se ela ficou com uma cicatriz. Dor é dor. Não devo criticar mas acolher a dor alheia”, disse.

Para finalizar, deu fim à polêmica. “Eu não escrevi essa cena. Na matéria, não disse que ela existiu mas que ao assisti-la eu entendi que havia uma insinuação. Para encerrar, Xica é maior que tudo isso, e não merece esse debate em torno de sexo”, pontuou.

Novela polêmica

Taís Araújo foi a protagonista da novela Xica da Silva, produzida e exibida pela Manchete em 1996. Aos 18 anos de idade, ela aceitou o convite de Walter Avancini para dar vida à escrava que virou ícone ao se casar com o contratador João Fernandes (Victor Wagner).

Antes disso, a personagem também foi vivida por Zezé Motta no filme homônimo em 1976, dirigido por Cacá Diegues. Já na novela, a veterana interpretou a mãe de Xica.

Walcyr assinou o roteiro com outro nome, tanto que a identidade do autor da obra era um verdadeiro mistério. Na época, ele era contratado do SBT e não poderia escrever para outra emissora.

O fato, porém, foi descoberto por Silvio Santos, que encomendou ao autor uma novela nos mesmos moldes. Um tempo depois, era lançada Fascinação, trama de sucesso protagonizada por Regiane Alves.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Deixe o seu comentário

Em Alta

Carregando...

Erro ao carregar conteúdo.

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio