Você sabia? Ex-secretário de Bolsonaro integrou elenco de Tieta

Na época de Tieta, Roberto Alvim era creditado como Roberto Rego Pinheiro

Publicado há 4 meses
Por Arthur Pazin
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Recentemente lançada no Globoplay, Tietatem conquistado diversas gerações que estão vendo e revendo o sucesso de Aguinaldo Silva, Ricardo Linhares e Ana Maria Moretzsohn exibido em 1989, na TV Globo.

Na trama, o dramaturgo Roberto Alvim, que na época era creditado como Roberto Rego Pinheiro, com apenas 16 anos, surge em participação especial como Timóteo, personagem de Paulo Betti, na fase jovem.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ao lado de Leonardo Brício (Amintas), Marcos Winter (Osnar) e Ascânio (Edson Fieschi), o personagem vivido pelo então ator integrava os ‘Cavaleiros do Apocalipse’.

Com poucas aparições na TV, Roberto fez sua carreira no teatro e nos últimos anos, ganhou destaque na Política, tornando-se diretor geral da Fundação Nacional de Artes (Funarte), em junho de 2019, e Secretário Especial de Cultura, em outubro.

Roberto Alvim e Jair Bolsonaro (Foto: Divulgação)

Polêmico, em janeiro deste ano, Alvim precisou deixar o cargo após parafrasear Joseph Goebbels, ministro da Propaganda da Alemanha Nazista, em um vídeo institucional da pasta, o que gerou diversas manifestações de repúdio.

Tieta foi exibida originalmente entre agosto de 1989 e março de 1990, naquela que hoje é a faixa das 21h da TV Globo. Paulo Ubiratan, Reynaldo Boury, Luiz Fernando Carvalho e Ricardo Waddington dirigiram a novela, cartaz do Vale a Pena Ver de Novo entre setembro de 1994 e abril de 1995.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais