Operária da arte

Laura Cardoso recebe homenagem no próximo episódio de Tributo

Dira Paes relembra parceria cênica com a veterana em Irmãos Coragem

Publicado em 24/04/2024

Uma das grandes damas da televisão brasileira, Laura Cardoso é a próxima homenageada do projeto Tributo. O episódio vai ao ar nesta sexta-feira (26), após o Globo Repórter, e revisita a história dessa “operária da arte”, como ela mesma se autodefine.

Do alto de seus 96 anos, a atriz preserva uma disposição e vitalidade invejáveis para o trabalho. “Eu amo representar. Quer me ver bem? Ponha-me no palco, na televisão, no rádio, no circo. Gosto de trabalhar, de representar e dizer o texto. Sou uma operária: se tiver de levantar às 3h, 4h da manhã para gravar, eu vou”, declara a veterana.
 
Inspiração para muitos colegas de trabalho, Laura é elogiada por sua disciplina em cena e também pela capacidade de se despir de qualquer vaidade em nome da arte. Ela se orgulha de nunca ter recusado um papel e afirma que não se deixou guiar pela aparência.

Fosse papel de mulher feia, de mulher bonita, ruim ou boazinha, de mãe, de avó e bisavó. Era eu fazendo o meu trabalho, com o que Deus me deu de talento. E eu acho que Ele me deu“, gaba-se.
 
Determinação é uma palavra-chave na carreira de Laurinda de Jesus Cardoso. Nascida em 1927, em São Paulo, no folclórico bairro do Bixiga, ela trocou o nome para Laura Cardoso por achá-lo mais radiofônico. As novelas transmitidas pelo rádio, aliás, foram as responsáveis por despertar nela a sua vocação.

Em meados da década de 1940, fugiu de casa para fazer um teste em uma rádio e foi aprovada. Começava ali uma carreira consagrada, em que ela brilhou nos mais diversos palcos, mas que teve de superar preconceitos, já que os artistas foram por muitas décadas marginalizados.

Laura então logo se transferiu para a Tupi, primeira rede de televisão no Brasil. Após a extinção, na década de 1980, foi contratada pela TV Globo. No projeto Tributo, o telespectador vai conhecer outras facetas de Laura. De posse da guloseima favorita, o chocolate, Dira Paes visita a amiga em seu sítio, em Itu, no interior de São Paulo.

Juntas, relembram a parceria cênica no remake de Irmãos Coragem (1995). “Ela não precisa de artifícios, nem de artimanhas. Uma pessoa que não tem vaidade cênica e reúne todos os elementos grandiosos de uma atriz em cena”, elogia Dira, que completa: “Eu aprendi a fazer televisão com a Laura Cardoso. E essa referência ficou no meu DNA de atriz”.
 
No episódio, junto de seu bisneto Fernando, no fusca azul da família, Laura ainda passeia por lugares importantes na sua trajetória, como a escola onde estudou e a padaria que frequentava com seus pais.
 
Tributo é uma série original Globoplay com redação de Isadora Wilkinson e Lalo Homrich, direção artística de Antonia Prado, direção de Matheus Malafaia e direção de gênero de Mariano Boni.     

© 2024 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade