Taís Araujo critica excesso de nudez ao relembrar Xica da Silva

Segundo atriz, cenas quentes eram usadas para levantar a audiência

Publicado há um mês
Por Daniel Neblina
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A atriz Taís Araujo participou de uma live em um perfil dedicado à novela Xica da Silva no Instagram, intitulado Novela Xica da Silva HD. Ela, que na época tinha 17 anos e viveu a protagonista da história, fez uma avaliação sobre as cenas de nudez, segundo Patrícia Kogut, do Jornal O Globo.

“Acho que não deletaria. Eu faria as mesmas cenas, mas sem a exposição dos corpos das mulheres. E elas teriam a mesma força, entendeu? A exposição é desnecessária. Eu conversaria com todas as atrizes e falaria: ‘Até onde você pode ir?’, ‘Até onde você quer ir?’, ‘E aqui acho que não tem necessidade de mostrar esse peito, de mostrar essa bunda…’”, relembrou.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“A gente pode contar todas as histórias sem expor ninguém. […] Para falar de uma mulher sexy, você não precisa deixar ela pelada, desconfortável. Porque, na verdade, você não está mostrando essa mulher sexy. Você está causando no outro que está vendo outros sentimentos que não dizem respeito a essa mulher, dizem respeito a quem está vendo”, opinou.

“Nessa época e em outras épocas o corpo da mulher sempre foi usado para ficar exposto, para subir o ibope, para deixar a mulher exposta e constrangida. Ela foi usada a serviço do outro, um corpo usado a serviço do outro. Isso é muito cruel. Tem que ser revisto mesmo, de maneira muito séria”, completou Taís Araujo durante o bate-papo com Tiago Leonardo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio