Segundo Sol: Ícaro e Rosa brigam feio por causa de Laureta

Publicado há 2 anos
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Segundo Sol, na Globo, Ícaro (Chay Suede) vai se desentender com Rosa (Letícia Colin) por causa da relação dela com Laureta (Adriana Esteves). A ex-garota de programa está incomodada com a vida que está levando com o filho de Luzia (Giovanna Antonelli) e vai procurar a cafetina para pedir dinheiro. Mas o rapaz vai encontrar os maços em sua bolsa e a colocará contra a parede. Confira.

“Rosa, esse dinheiro aqui veio de Laureta, não foi?”, perguntará Ícaro. “Que Laureta, rapaz, tá doido? Você mexe em minha bolsa e vai tirando a conclusão que lhe dá na telha, Ícaro…”, responderá Rosa. “Para de mentir Rosa! Para! Me diz, por que Laureta lhe compra?”. “Que Laureta, não sei de Laureta… essa grana eu tinha economizado”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Valentim pressiona e Rosa revela que filho que espera é de Ícaro, em Segundo Sol, na Globo

“Eu segui você até a casa de Laureta, sei que você foi lá! Você foi na Laureta e ela lhe deu esse dinheiro!!”, revelará. “Deu pra me seguir agora? Era só o que me faltava! Vou viver agora na nóia de que você me segue”. “Para de enrolar e responde, por que Laureta lhe paga?”. “Isso foi um último acerto de dinheiro, da rescisão de me trabalho lá”.

Ícaro pressiona Rosa

“E mentiu por que então, Rosa?!”. “Por isso, ó paí teu chilique… eu sabia que você ia surtar, ia ficar no meu pé, ia reclamar”. “E você acha que tô engolindo esse reggae, que sou burro, trouxa”. “E você acha que é o quê? O quê que pode ser…”. “Que você e Laureta tem um segredo, que ela lhe paga porque você é sócia em alguma tramoia dela”.

“É isso que você acha de mim? Que você pensa de mim? Que tenho tramoia com Laureta?”. “E você quer que eu acredite que essa bolada é de rescisão de contrato? Num engulo isso nem com farinha, ainda mais depois da mentirada de ir em mãe, em médico”. “Tá barril! A gente que era pra tar numa boa, se curtindo, feliz, ó como tá! Se você não confia em mim não devia tar comigo, a gente devia terminar tudo agora mesmo”.

“Lá vem você já querendo chutar o balde, assim não dá pra conversar”. “Você não confia em mim, véi…”. “Nem você em mim, né não? Não se abre, não toca a real! Será que o que você me esconde é tão pesado que você não tem nem coragem de contar, é isso?”. “Você acredita mesmo que esse filho que tá na minha barriga é seu? Porque você pode duvidar disso também, já que eu minto tanto, né não?”.

Rosa cita Valentim

“Você não ia inventar que o filho é meu, eu não tenho grana pra você dar o golpe da barriga em mim, ia mentir por quê?!”. “Tá vendo, é isso que você acha de mim, que sou uma trambiqueira, golpista… a pessoa faz uma besteira na vida, pronto, é aquilo, virou aquilo! Eu podia tar com Valentim ainda, lá naquele apê massa, mas tô aqui contigo nesse cortiço, isso não conta!?”.

“Tá aqui, mas já deve tar arrependida, né isso? Aliás, com o que Laureta lhe paga você podia morar num lugar à sua altura, você tá sendo canguinha, Rosa!”, falará Ícaro, enquanto Rosa começa a juntar suas coisas. “Pra mim deu, quer saber, fique com suas paranoias que eu quero é paz”. “Vai embora? Vai pra Laureta? Pro apêzão em Ondina? Qualquer dos dois é mais confortável pra princesa”, ironizará. “Chega, vou tomar linha”. “Né assim não, se liga! Você tá carregando nosso filho na barriga, vai sair assim de cabeça quente, em vez de resolver a parada conversando?”.

“Conversando? Cheio de ironia, me acusando…”. “Beleza, foi mal, bora zerar e começar essa conversa de novo…”. “Tô a fim não, deixa eu passar”. “Não, Rosa, a gente agora tem um filho, tem que ter o mínimo de responsabilidade!”. “Você vai me manter aqui presa, é isso?”. É isso mesmo”, concluirá Ícaro.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio