Segundo Sol: Apesar de todo o apelo, Luzia é condenada por matar Remy

Publicado há 2 anos
Por Renan Vieira
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em Segundo Sol, na Globo, Luzia (Giovanna Antonelli) tinha esperança de que conseguisse provar sua inocência. Mas nada do que a protagonista sonhou acontecerá, por enquanto. Ela irá a júri e não poderá escapar, mesmo com o apelo de Beto (Emílio Dantas), confirmando que Remy (Vladimir Brichta) está vivo. Agora, todos vão lamentar a perda dessa batalha. Confira.

“Feitas as devidas considerações e reiterando que o Tribunal do Júri reconheceu a ré Luzia Batista culpada, declaro, por sentença, a pena de reclusão por homicídio doloso fixada em 6 anos devendo ser cumprida no presídio…”, falará a juíza. Neste momento, todos reagirão com mita emoção.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Rosa arma para colocar Laureta atrás das grades, em Segundo Sol, na Globo

“Isso é muito injusto, eu sou inocente, eu não matei ninguém!”, falará Luzia em lágrimas. “Não é possível… Eu não vou deixar que levem ela…”, afirmará Beto, desesperado. “Calma, meu pai, fique calmo!”, pedirá Valentim. “Seis anos?! Ela vai prum presídio?!”, dirá Manuela.

Ainda nesta cena de Segundo Sol

Cacau começará a chora: “Esse inferno todo de novo!”. “Isso não vai ficar assim, eu sei que não vai!”, dirá Groa. “Que ódio!”, falará Ícaro aos prantos. “A senhora vai se arrepender, eu não matei ninguém! Remy tá vivo! Vivo! É muita injustiça!”, insistirá Luzia à juíza.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio