SBT tenta acabar com links ao vivo no Youtube, perde público e volta atrás

Publicado há um ano
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na última semana, a direção da área digital do SBT ordenou que as afiliadas tirassem do Youtube os links de transmissão ao vivo e migrassem para o site oficial do canal. A regra causou queda na audiência e no faturamento.

De acordo com o Notícias da TV, um informativo local que conseguia ter até 3 mil pessoas acompanhando a atração pelo Youtube, com a mudança, o público caiu para 20. “Para nós, foi uma derrubada na audiência e na abrangência, já que a nossa programação não está disponível nas TVs a cabo”, disse uma fonte anônima ao portal.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Outra implicação é que o canal no Youtube gerava certa renda, que agora foi zerada. “Não é um valor muito alto, mas o que costuma entrar em um mês ajuda a pagar alguns salários e contas”, declarou outro jornalista.

Contudo, na última quinta-feira (18), após receber reclamações das afiliadas e do público, que parou de assistir a programação após a mudança, o SBT voltou atrás na decisão.

Em resposta, a emissora disse que não tinha ordenado a exclusão dos links, e sim breve migração por causa de denúncias e tentativas de hackers de derrubar os links.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio