Porta dos Fundos pede que pastores analisem especial deste ano

Inspiração vem de documentário político

Publicado há 2 meses
Por Daniel Neblina
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Depois da polêmica causada em 2019, o Porta dos Fundos se cercou de cuidados em relação ao novo especial de fim de ano. De acordo com informações da colunista Patrícia Kogut, do Jornal O Globo, Fábio Porchat, responsável pelo roteiro, pediu para religiosos lerem o texto antes da finalização.

Porchat procurou pastores amigos, como Henrique Vieira e Caio Fábio. “Eles também sugeriram piadas”, conta o comediante. Neste ano, o projeto foi intitulado Teocracia em Vertigem e é baseado no formato do documentário Democracia em Vertigem. Os personagens bíblicos vão aparecer em depoimentos. 

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O especial do ano passado, intitulado A Primeira Tentação de Cristo, dividiu opiniões pela abordagem de Jesus, interpretado por Gregório Duvivier, em um suposto relacionamento homoafetivo. Um abaixo-assinado foi criado para que a Netflix suspendesse a exibição da atração.

A Justiça do Rio de Janeiro chegou a determinar que o especial fosse retirado do ar, porém, a medida foi derrubada pelo Supremo Tribunal Federal. Além disso, a produtora do Porta dos Fundos no Rio foi alvo de um atentado com bombas. 

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio