O Tempo Não Para: Uma novela e cinco destinos

Publicado há 2 anos
Por Neuber Fischer
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O Tempo Não Para estreia em 31 de julho, às 19h30, na Globo. A equipe da novela viajou para cinco destinos diferentes. Nos meses de maio e junho ocorreram as gravações das cenas iniciais. O primeiro deles foi Guarujá, em São Paulo, onde foram rodadas as sequências em que o bloco de gelo chega à orla e Samuca (Nicolas Prattes) se aproxima desse monumento. A Praia do Pernambuco, foi usada como locação. Lá foram recebidas aproximadamente 200 pessoas, entre equipe, elenco e figuração.

Logo depois, a produção seguiu para a Costa Verde do Rio de Janeiro. Na Praia de Itaguaçu, localizada em Ilha Grande, foram captadas as cenas em que Marocas (Juliana Paiva) desperta nos braços de Samuca após o descongelamento, na fictícia Ilha Vermelha.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Veja também: Milton Gonçalves revela encanto por seu personagem em O Tempo Não Para e diz: “Um ser humano cheio de qualidades”

As sequências do século XIX contam com locações em Mangaratiba e Sapucaia. Todas localizadas no interior da capital fluminense. Seguindo viagem, diversos pontos importantes de São Paulo também foram set da novela no século XXI. Como a Avenida Brigadeiro Faria Lima, a Freguesia do Ó, a Praça da Sé, a Avenida Paulista, a Ponte Estaiada e a Rua Oscar Freire.

“Estamos com imagens lindíssimas. Temos praia, fazenda. Além de uma São Paulo moderna para ajudar a ilustrar esse impacto dos ‘congelados’. É fundamental para a história dar essa vida às cenas. Porque a trama é ágil e tem muito movimento. Fomos muito bem recebidos em cada um desses destinos. Estamos muito felizes com as locações”, explica o diretor artístico Leonardo Nogueira.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio