Marlene Mattos procura a polícia contra Xuxa: “Claro crime”

Xuxa disse que foi “enganada, usada, manipulada e roubada”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A diretora de TV Marlene Mattos registrou uma ocorrência por calúnia contra a apresentadora Xuxa Meneghel na 42ª Delegacia de Polícia do Rio de Janeiro. O caso é referente a uma entrevista concedida pela eterna Rainha dos Baixinhos à jornalista Sofia Cerqueira, da revista Veja, em janeiro deste ano.

Na ocorrência, Marlene destaca o trecho da entrevista que considera “claro o crime”. “Olha, eu poderia ser duas ou três vezes mais rica. Fui tudo o que as pessoas imaginam: enganada, usada, manipulada, roubada”, disse Xuxa, segundo informações de Ancelmo Gois, do Jornal O Globo

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Quando falo disso, vem logo a imagem da Marlene, mas não foi só ela. Insisto em dizer que confiei demais em todas as pessoas próximas a mim. Fui passada para trás por coreógrafo, maquiador, fotógrafo. Digo sem vergonha que fui inocente, boba, burra mesmo”, acrescentou.

Marlene Mattos procurou a polícia dias após a entrevista. Somente no final de março, o caso foi encaminhado para o Tribunal de Justiça do Rio e agora tramita no 9º Juizado Especial Criminal. Ela foi empresária e diretora de Xuxa por quase duas décadas. O rompimento aconteceu em 2002.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio