Leilão de fitas da TV Manchete com grandes clássicos da teledramaturgia não atrai compradores

Tramas como Pantanal e A História de Ana Raio e Zé Trovão estavam disponíveis

Publicado em 12/6/2021
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Fundada em junho de 1983 pelo empresário Adolpho Bloch, a Rede Manchete de televisão fechou dezesseis anos depois de sua estreia, mas deixou uma história gigante com grandes produções para a TV brasileira.

Agora, de acordo com informações da revista Piauí, um acervo com mais de 25 mil fitas de produções da emissora foi a leilão recentemente, mas nenhum comprador ficou interessado nos arquivos. O site Faro Online foi o responsável pelo evento entre os dias 3 e 19 de maio, leiloando o arquivo de imagens.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

As fitas que não geraram o interesse de ninguém, estavam avaliadas em cerca de 3,7 milhões de reais. Existe a suspeita de que os possíveis interessados tenham dúvidas sobre problemas com direitos autorais e conservação do material, que até então era dado como desaparecido por alguns ex-funcionários.

Produções históricas

Com grandes produções históricas, tramas como Pantanal, A História de Ana Raio e Zé Trovão, Kananga do JapãoDona Beija, as minisséries Marquesa de Santos e O Canto das Sereias estavam disponíveis. Além disso, também haviam transmissões carnavalescas, programas infantis, eventos e muito mais.

Ainda segundo a reportagem, as fitas foram divididas em 69 lotes, mas o comprador não precisava levar tudo de uma vez só. Porém, algumas novelas tinham preços bastante surpreendentes, como Pantanal que apareceu com o valor de R$ 357 mil e Dona Beija por R$ 345 mil.

Por outro lado, não é segredo para ninguém que a emissora extinta ainda tem uma divida de cerca de R$ 115 milhões de reais, correspondente somente àquele reivindicado pelos credores que pediram inclusão no processo de falência. Ações trabalhistas contra a Rede TV!, que adquiriu as concessões da Manchete em 1999, não fazem parte da disputa em torno da falência.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio