Leandro Narloch é demitido da CNN Brasil após comentários homofóbicos

O caso aconteceu durante o Live CNN

Publicado há 5 meses
Por Henrique Carlos
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Na última quarta-feira (8), o comentarista Leandro Narloch acabou impressionando por conta de comentários homofóbicos feitos no Live CNN, atração da CNN Brasil. Tudo aconteceu quando ele falou sobre a decisão do Supremo Tribunal Federal, que liberou a doação de sangue por homens homossexuais.

Para a surpresa de Phelipe Siani e Marcela Rahal, que comandam o jornalístico, Leandro acabou citando um monte de informações sem ao menos mencionar uma fonte e foi detonado nas redes sociais.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Toda essa polêmica começou porque, não há dúvida disso, os gays, os homens gays, eles têm uma chance muito maior de ter Aids, né? Em 2018, uma pesquisa mostrou que 25% dos gays de São Paulo eram portadores de HIV”, afirmou o comentarista.

Porém, de acordo com informações do colunista Fefito, do UOL, o conselho da CNN Brasil, decidiu dispensar o comentarista Leandro Narloch e já emitiu um comunicado informando a decisão de rescisão do contrato unilateralmente.

“A CNN Brasil comunica que decidiu rescindir o contrato do jornalista e escritor Leandro Narloch. A empresa agradece pelos serviços prestados no período em que ele fez parte de nossa equipe de analistas e deseja sucesso no seguimento da carreira”, informou a emissora.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio