Iza, Ludmilla, Ingrid Guimarães e Maria Júlia Coutinho são as convidadas do Altas Horas Especial de Ano Novo

Publicado há um ano
Por Cadu Safner
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Estamos recebendo pessoas queridas e que tiveram sucesso em 2019, para o último programa do ano”. É assim que Serginho Groisman abre o Altas Horas Especial de Ano Novo deste sábado (28). Os convidados da atração do sábado à noite na Globo que se destacaram este ano são Rafael Vitti, Iza, Ludmilla, Xande de Pilares, Ingrid Guimarães, os jornalistas Marco Aurélio Souza e Maria Júlia Coutinho e a Família Grecco. 

De janeiro a dezembro, não faltaram motivos para Rafael Vitti comemorar. Depois do sucesso da novela ‘Verão 90’, em que viveu o personagem João, o ator carioca viveu momentos especiais também na sua vida pessoal: o nascimento da primeira filha, Clara Maria, fruto do relacionamento com Tatá Werneck. Sobre essa nova fase da vida, o artista destaca: “Estou digerindo tudo ainda, mas posso dizer que estou muito feliz. É muito lindo viver isso. Meu sonho era ter uma família.” 

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Maria Júlia Coutinho, a Maju, faz questão de pontuar algumas surpresas positivas que vieram ao longo dos últimos doze meses: “Foi um ano intenso, mas cheio de coisas maravilhosas e muitos desafios”. Ocupando o cargo de apresentadora do ‘Jornal Hoje’ desde setembro, a jornalista revela como foram as horas que antecederam a estreia: “Naquele dia, eu acordei às cinco horas da manhã, meditei, orei, me alonguei e fui”.

Ludmilla, Rafael Vitti, Ingrid Guimarães e Xande de Pilares ( Globo/Fábio Rocha)

Com relação aos seus objetivos diários no trabalho, ela diz: “Eu tenho a gana de tentar traduzir os assuntos mais complicados. Às vezes fico pensando se eu consegui informar do jeito que eu queria”, conta a paulista de 41 anos. Figuras importantes dentro do atual cenário da música brasileira, as cariocas Iza e Ludmilla se apresentam com os hits que estão na boca da galera. Ao som de ‘Pesadão’, Iza faz um balanço do ano que está chegando ao fim: “Foi uma avalanche. Muita coisa aconteceu, que eu nem sabia que queria, e outras que eu nem sabia que sonharia”.

Já no ritmo do funk, Ludmilla canta ‘Cheguei’ e celebra: “Foi um ano que vai ficar marcado para o resto da minha vida”. Ainda em clima de gratidão, o músico Xande de Pilares levanta a plateia com o clássico ‘Tá Escrito’ e dispara: “2019 foi bom demais. Acabei de gravar meu primeiro DVD solo e o meu time foi campeão”, diz o flamenguista em tom de brincadeira. 

Rafael Vitti (Globo/Fábio Rocha )

Quem também está  satisfeita com este fim de ano é a atriz Ingrid Guimarães. Atualmente, a goiana de 47 anos vive a personagem Silvana, em ‘Bom Sucesso’, e no primeiro semestre deste ano lançou a continuação do longa ‘De Pernas Para O Ar 3’ nas telonas. “Continuo nessa resistência de fazer filme popular para que o cinema não acabe. Foi um ano espetacular”, fala.

Protagonizando uma das histórias que mais marcaram o esporte em 2019 está a Família Grecco, que foram reconhecidos pela FIFA como torcedores do ano. Tudo começou em 2018, quando Silvia e o filho deficiente visual, Nickollas, foram descobertos durante um jogo de futebol do Palmeiras pelo repórter Marco Aurélio Souza.

Ao recordar detalhes daquela partida inesquecível, o jornalista conta a Serginho: “Eu estava na transmissão do jogo, quando olhei para o lado e vi a mãe narrando o jogo para o menino que não enxergava. A história foi capa em jornais de vários países”. Muito emocionada, Silvia explica: “Desde pequeno, o Nickollas sempre foi muito ligado em ouvir jogos pela televisão. Eu ia falando as jogadas e dizendo como os jogadores estavam vestidos. Já são sete anos narrando jogos para ele. O Marco Aurélio nos olhou com os olhos e nos enxergou com o coração.”  

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio