Gay em A Dona do Pedaço, Malvino Salvador acredita que personagem pode ajudar pessoas a saírem do armário

Publicado há um ano
Por Leandro Lel Lima
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A telenovela está presente na cultura do brasileiro há décadas. Com os folhetins, o público entra em contato direto com temas e campanhas que mobilizam a sociedade. Um dos pontos apresentados em A Dona do Pedaço é justamente a busca pela felicidade e identidade de Agno, interpretado por Malvino Salvador.

Para o global, a trama sobre a sexualidade do empresário pode sim servir de inspiração para várias pessoas, inclusive atores.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Quem sabe? Eu acho que pode ajudar qualquer pessoa. Um ator é uma pessoa. Pode sim, também”. Malvino ainda defendeu que com educação e diálogo é possível acabar com o preconceito desde a infância.

”Se a família estiver presente, ela terá o poder de direcionar a cabeça do filho para que ele tenha referência. Se a família for preconceituosa, o filho vai ser também, se a família não for, o filho não vai ser também. E é nisso que eu acredito”, disse o ator.

Educação

Em casa, ao lado da esposa, o ator já procura conversar sobre o assunto, inclusive com as filhas: “A mais velha, de dez anos, está assistindo. É a primeira novela que eu faço e ela está assistindo. Converso com ela. O melhor é você conversar, esclarecer tudo. Claro que no tempo certo, na hora certa. Minhas filhas menores estão na fase de brincar de princesa, de boneca, se fantasiar, então é outro universo. As coisas vão sendo colocadas de uma maneira que condizem com o universo daquela criança”.

Uma das lições que Malvino aprendeu com sua personagem na trama de Walcyr Carrasco é que lidar com a verdade é o melhor caminho para ser feliz.

“Não vale a pena viver uma mentira, nunca, nunca. É você ser dono das suas coisas pelo seu mérito, é seguir o caminho que o faça ser feliz, eu sou assim, isso ressalta essa questão pra mim, com amor e verdade”, completou.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio