Erika Januza relembra no Altas Horas ataques racistas sofridos na web: “Misto de raiva e tristeza”

Publicado há 2 anos
Por Guilherme Rodrigues
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Neste sábado (12), foi ao ar na TV Globo a edição do Altas Horas que teve a presença de Erika Januza. A estrela foi questionada por Serginho Groisman sobre os e-mails racistas que recebeu no ano passado.

Leia: Ops! Cantor se apresenta no Altas Horas com etiqueta na roupa

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Desde o início do Dança [dos Famosos]. Eu recebi um primeiro, bem longo, com o título ‘Conselho de um profissional’. Aí eu abri e foi um misto de raiva e tristeza, chorei, aí eu apaguei. Aí chegaram outros, foram chegando, aí eu falei ‘eu não vou apagar, eu vou guardar”, contou a atriz.

Saiba mais: No Altas Horas, Marcelo Dourado reclama do rótulo de ‘ex-BBB’: “Tenta limitar nossa existência”

“E-mails enormes me chamando de tudo que você imaginar, e ‘onde o Faustão estava com a cabeça de me colocar ali’, enfim, eram de um teor que não dá nem pra falar. [Críticas] a minha cor, a minha performance, a tudo que você pensar, mas o principal era a cor”, destacou a estrela.

A artista contou que depois foi ofendida no Instagram também, aí decidiu pegar os e-mails guardados e mais a recente ofensa para levar tudo até a polícia. “Não sei se tinha relação ou não, mas eu peguei ao mesmo tempo e levei. Eles [e-mails] chegaram até o último dia [do Dança dos Famosos]”, disse Erika.

“O inquérito está caminhando e eu espero que encontrem [os criminosos], porque as pessoas tem que entender que não dá para se esconder atrás da internet. Não dá para fazer o que quiser achando que a internet está protegendo”, concluiu Januza.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais