Em março, Domingão do Faustão amarga vice-liderança na Bahia

Publicado há 2 anos
Por Felipe Brandão
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Não é de hoje que as coisas não andam nada boas para a Globo na Bahia em termos de audiência. Nos últimos tempos, porém, essa rejeição local à “vênus platinada” vem atingindo proporções mais preocupantes do que nunca. O Domingão do Faustão é que mais vem sentindo na pele os efeitos de tal crise.

Em março, todas as cinco edições do dominical de Fausto Silva ao longo do mês amargaram a perda da liderança para a Record. A atração global fechou o período com média mensal de 11,3 pontos em Salvador. Nos confrontos diretos com Faustão, a Record TV logrou 11,5 com a dobradinha Hora do Faro e Domingo Espetacular.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O Sétimo Guardião é outro exemplo claro da rejeição da Bahia ao canal dos Marinho. Mesmo com índices de audiência aquém da média de sua faixa, a trama de Aguinaldo Silva segue como o programa mais visto da TV brasileira em cada praça do país. À única exceção da audiência baiana. Por lá, a reprise de A Terra Prometida, também da Record TV, responde pelo primeiro lugar do pódio.

A Globo há tempos vem com preocupação esse panorama. E até já tomou medidas no sentido de melhor sua imagem juntos aos baianos. Uma das tentativas foi a ambientação de sua trama conclusa das 9, Segundo Sol, por lá. Mas não adiantou. A saga de Beto Falcão (Emílio Dantas) teve o terceiro pior Ibope de um folhetim do horário nobre no Estado – 30,6 pontos -, atrás apenas de Babilônia (27,5) e A Lei do Amor (29,1).

Com informações do jornalista Daniel Castro.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio