De evangélica a veterinária: o que aconteceu com as Panicats

As personalidades sensuais do Pânico se transformaram em grandes empresárias

Publicado há um mês
Por Cadu Safner
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Popularizadas como Panicat, figuras do programa Pânico que faziam referência às Chacretes, as assistentes de palco do Chacrinha nos anos 70/80; Dani Bolina, Lizi Benites, Babi Rossi, Nicole Bahls, Danielle Souza, Juju Salimeni e outras tantas, embora ainda desfrutem da força alcançada com a imagem das sensuais personagens, hoje todas elas se projetam em nova carreira profissional, algumas com grande êxito.

De empresária a estagiária de veterinária, passando por influenciadora digital e até mesmo lutadora de jiu-jitsu, essas reverenciadas mulheres ultrapassaram mais de uma década de fama e ainda permanecem na memória afetiva do público brasileiro, principalmente o masculino. Relembre algumas delas e como estão hoje em dia:

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Danielle Souza – Mulher Samambaia

Dani foi uma das precursoras do ‘movimento Panicat’, digamos assim! Após se tornar um dos principais assuntos na mídia brasileira entre os anos de 2003 e 2009, a ex-musa do Pânico topou deixar a atração ainda na RedeTV! e se aventurar na primeira edição de A Fazenda, na Record TV.

Atraiu as atenções de ninguém menos que Silvio Santos e virou repórter do Tudo É Póssível antes de se casar com o jogador Dentinho, que na época atuava no Corinthinas. Dani Souza hoje mora na Ucrânia e é mãe de três filhos com ele.

Além da maternidade, a ex-Samambaia também é empresária no ramo de beleza e moda, além de fazer investimentos imobiliários. Ela é dona de um salão de beleza e da grife Zami, que tem uma loja em São Paulo. No YouTube desde 2017, por lá Dani mostra sua rotina e lazeres.

Dani Bolina

Modelo fitness que também englobou o primeiro time de Panicat, chegou a deixar o programa Pânico para também participar de A Fazenda, em sua 4ª temporada, no entanto, teve uma breve passagem por lá. Depois disso seguiu os mesmos passos de Dani Souza e se tornou repórter do Tudo É Possível.

Dani regressou ao Pânico em sua fase na Band e depois integrou o time de entrevistadoras do quadro Elas Querem Saber do programa Raul Gil. Hoje Dani Bolina se tornou lutadora de jiu-jitsu, com algumas conquistas, e também ganha a vida como influenciadora fitness na web. Entre 2010 e 2013 foi casa com Mateus Verdelho, ex-Fazenda. Bolina também pode ser encontrada no YouTube, com seu canal.

Lizi Benites – Piu Piu

Chegou no Pânico por influencia da amiga Dani Souza, quando ainda trabalhava como modelo. Lizi se projetou como uma das Panicats mais queridas pelo público, no entanto, uma das mais discretas. Seu auge foi de 2005 a 2011, quando trocou o programa pelo reality A Fazenda 3, visando oportunidade refazer a carreira em outra área dentro da TV.

E foi o que aconteceu! Lizi virou repórter do Tudo É Possível, mas viu sua vida desmoronar após o fim do programa, chegando a passar alguns perrengues como despejo. Após a fase superada, a ex-Piu Piu se converteu evangélica.

Em 2015 casou-se com seu personal trainer, Wanderson Cardoso. No ano seguinte foi mãe pela primeira vez, com o nascimento de Liz. Em 2019 deu à luz ao seu segundo filho: Levi. Hoje, além da maternidade ela é empresária de dona de uma loja de roupas. No YouTube ela também mostra sua rotina com a maternidade, trabalho, além de dar dicas diretamente às mulheres.

Babi Rossi

Integrante de uma fase mais atual de Panicats, Babi Rossi conquistou o Brasil pela simpatia, e, bem como as outras, pelo corpo escultural. Mas engana-se quem pensa que o Pânico foi seu primeiro trabalho na telinha. Babi Rossi foi destaque como assistente de palco do extinto Melhor do Brasil, ainda com Márcio Garcia.

Chegou a trabalhar como assistente também do Brothers, programa de Supla e João Suplicy na RedeTV!, para depois disso se tornar uma Panicat de respeito. Foi a única a migrar com o time do humorístico para a Band.

Virou manchete em âmbito nacional após ter a cabeça raspada ao vivo no programa. Foi finalista de A Fazenda 7 e depois virou apresentadora na RedeTV! nos programas Morning Show e Tá Sabendo?, depois atuou como repórter do TV Fama. Babi Rossi hoje é universitária e está se formando em Medicina Veterinária, além de já estagiar na área.

Nicole Bahls

Talvez uma das mais representativas Panicats da história, Nick Bahls não somente repercutiu como a personagem como evoluiu como profissional dentro da televisão e se tornou uma das personalidades mais requisitadas pelos programas de TV.

A atual esposa de Marcelo Bimbi chegou a regressar ao programa também em sua fase na Band onde assumiu posto de apresentadora na vaga de Sabrina Sato. Sua trajetória reúne duas temporadas de A Fazenda, 5 e 9, além do Power Couple 4, onde sagrou-se campeã. Passou pelo Multishow nos programa Ferdinando Show e Vai Que Cola e foi repórter do Programa da Tarde.

Atuou em dois longas (Superpai e Correndo Atrás), além da participação na elogiada série Samantha!, da Netflix. Hoje, além de atriz também se tornou empresária dos seus próprios negócios.

Juju Salimeni

Juliana marcou era no programa apresentado por Emílio Surita e sua trupe. Na atração ela ficou de 2008 a 2011 e colecionou desavenças com Nick Bahls. Ao contrário das já citadas, ela não participou de A Fazenda, no entanto, trocou o programa pela Record TV onde atuou como Legendete de Marcos Mion no finado Legendários.

Após o fim do programa, em 2017, Juju teve uma oportunidade no Show do Esporte na Band. Mas a atração durou bem pouco e a modelo fitness migrou para a internet. Neste ano de 2020 ela estreou seu próprio programa no canal a cabo E!, O Juju Boot Camp. A ex-Panicat também é empresária no ramo fitness.

Continuem no Observatório da TV que em breve traremos curiosidades sobre outras ex-Panicats

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Carregar mais