SUCESSO

Bruna de Vai na Fé, Carla Cristina Cardoso celebra fase da carreira e elogia parceria com Sheron Menezzes: “Cumplicidade e respeito”

Atriz também elogiou o trabalho da autora Rosane Svartman

Publicado em 13/06/2023

A atriz Carla Cristina Cardoso, de 47 anos, que interpreta a melhor amiga de Sol na novela Vai na Fé, celebrou a fase vitoriosa de sua carreira com o sucesso da personagem Bruna e elogiou a sua parceria em cena com a atriz Sheron Menezzes. Em entrevista à Quem, a artista também destacou o trabalho da autora Rosane Svartman, que sempre atinge a classe trabalhadora com as suas histórias na teledramaturgia.

“Ela trabalha com o particular do público. Os brasileiros amam novela e se veem ali. Ela escreve para o trabalhador, para o povo, para grandes famílias. Ela tem a palavra que o povo quer ouvir”, analisou a atriz sobre o trabalho de Rosane Svartman.

Já sobre interpretar o papel da melhor amiga da protagonista, vivida por Sheron Menezzes, a atriz celebrou a afinidade com a colega de elenco e relatou que a artista está sempre ajudando os atores nas gravações da trama.

“A gente já trabalhou antes e já se amava, mesmo sem ser do mesmo núcleo. O mais especial da relação da Bruna com a Sol é a irmandade, a cumplicidade, o respeito, a confiança. A amizade delas é de muita confiança, acreditam uma na outra de olhos fechados. Isso só se consegue com uma empatia gigante. É uma confiança que só temos com a nossa mãe. Atrás das câmeras, somos duas palhaças divertidas, fica tudo em casa. Nos falamos muito, ficamos muito juntas, trocamos muito. Ela ajuda demais os atores. Ela tem um lado engraçado que não conhecem. Rimos de tudo, fazemos piada. A vida é isso. Obrigação diária de ser feliz”, entregou a atriz.

Ainda na entrevista, Carla Cristina Cardoso celebrou o momento dos artistas negros protagonizando as principais produções da televisão brasileira. “É o paraíso. Gente preta tendo papéis incríveis é um sonho. É normal ter um elenco formado por 80% de atores negros. Deveria ser normal em todas as produções. Estou feliz, quero ver isso se repetir outras vezes, com outros atores, em outras obras. É um momento único na Globo, com todos os protagonistas pretos. Nossa sociedade é assim”, completou.

© 2024 Observatório da TV | Powered by Grupo Observatório
Site parceiro UOL
Publicidade